Coimbra  24 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Vila Nova de Poiares: Município assinala 121 anos no domingo

12 de Janeiro 2019

Neste domingo (dia 13), Vila Nova de Poiares comemora o 121.º aniversário da restauração definitiva do concelho, com a presença do secretário de Estado da Valorização do Interior, João Paulo Catarino, que presidirá às cerimónias.

A recepção ao membro do Governo está prevista para as 11h00, no salão nobre dos Paços do Concelho, a que se seguirá a sessão solene, no auditório do Centro Cultural de Poiares, onde decorrerão as cerimónias oficiais.

Com início pelas 11h30, na sessão solene será atribuída a medalha de bons serviços prestados aos trabalhadores do Município que perfazem 15, 25 e 35 anos de serviço, e serão ainda homenageadas algumas personalidades do concelho que se destacaram em diversas áreas, algumas a título póstumo, com a atribuição de medalhas de mérito municipal.

Nesta cerimónia, e como tem vindo a acontecer em anos anteriores, será também atribuída a Medalha de Honra do Município a uma personalidade que se tem destacado na vida do concelho – Cassiano Alves Bandeira – empresário com 86 anos, fundador do Grupo Alves Bandeira, SA, um dos principais grupos económicos do país no sector dos combustíveis que, apesar de ser natural de Góis, mantém uma profunda ligação a Vila Nova de Poiares.

O Grupo Alves Bandeira é actualmente um dos maiores grupos económicos em Portugal, dividido em 16 empresas, com mais de 700 colaboradores e prima por continuar o legado do seu fundador: “O trabalho, a proximidade, a flexibilidade e o dinamismo, tendo como sempre como foco o cliente num forte relacionamento e com um atendimento de excelência”.

Do programa do Dia do Concelho faz parte, hoje, a exposição, no Centro Cultural de Poiares, e o concerto “A madeira que se fez guitarra”, também no mesmo local, pelas 21h30, no âmbito do projecto Coimbra Região de Cultura, organizado e promovido pela Comunidade Intermunicipal.

Ainda neste período decorre, também, como habitualmente, mais uma edição da Semana da Chanfana, nos seis restaurantes aderentes, onde se pode provar e comprovar a excelência da gastronomia de Vila Nova de Poiares, com a chanfana a liderar o cartaz, mas acompanhada também de outras iguarias gastronómicas, onde sobressai o arroz de bucho, os negalhos e ainda o poiarito.

Ao longo dos 11 dias que compõem a Semana da Chanfana terão ainda lugar um conjunto de outras iniciativas preparadas para atrair e dinamizar ainda mais este momento, com destaque para o projecto “Food Conect Europe/Erasmus”, numa parceria com o Agrupamento de Escolas de Vila Nova de Poiares, que irá trazer cerca de 30 alunos e professores de países nórdicos para conhecer e experimentar a cozinha portuguesa e suas tradições.

Evocação de 1898

O Feriado Municipal evoca a restauração definitiva do concelho, que inicialmente data de 1836, tendo, no entanto, sido suprimido por duas vezes, acabando por ser definitivamente restaurado a 13 de Janeiro de 1898.

A origem dos feriados municipais remonta à proclamação da República, em 05 de Outubro de 1910. O Decreto-Lei de 12 de Outubro, do Governo Provisório da República, estipulou os feriados nacionais e deu aos concelhos a possibilidade de escolherem um dia do ano que representasse as suas festas municipais.

O concelho de Vila Nova de Poiares foi criado em 1836, no reinado de D. Maria II, e é resultado das reformas de reorganização administrativa do país levadas a cabo pelo Governo Setembrista, ideologicamente orientadas por Passos Manuel. No início o concelho teve como primeira designação: “Santo André de Poyares”.

Em 1855, no reinado de D. Pedro V, o concelho foi reduzido na sua área geográfica passando de cinco para quatro freguesias. Em 1866 e 1895 chegou mesmo a ser suprimido por pouco período de tempo, mas o bastante para se ter perpetuado na memória dos poiarenses.

Assim, aquando do seu restauro que ocorreu definitivamente a 13 de Janeiro de 1898, esta data ficou presente como marca dessa independência da autonomia poiarense.

Desde esse ano, e com maior incidência depois da Constituição de 1976, o concelho de Vila Nova de Poiares comemora nessa data o seu Feriado Municipal com o reconhecimento de poiarenses e figuras da História, assim como se reúnem representantes das colectividades do concelho, convidando geralmente governantes e figuras públicas nacionais, que assim se associam às comemorações do dia do concelho.