Coimbra  22 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Poiares investe 200 000 euros na recuperação da floresta

14 de Fevereiro 2019

A Câmara de Vila Nova de Poiares está a realizar trabalhos de regeneração florestal e fluvial em zonas afectadas pelos fogos de Outubro de 2017, nos quais vai investir 200 000 euros, foi hoje anunciado.

Com esta acção, já a decorrer nas freguesias de Lavegadas, São Miguel de Poiares e Poiares, a autarquia a que preside o socialista João Miguel Henriques pretende “promover a segurança dos cidadãos e dos seus haveres, nomeadamente junto dos aglomerados populacionais, na rede viária e ainda ao longo das linhas de água”.

Este município informa que o investimento, no montante de 193 784 euros, “resulta de uma candidatura” ao Programa de Desenvolvimento Rural (PDR 2020) e teve financiamento de 100 por cento dos fundos comunitários.

No total, serão intervencionados 190,52 hectares e os trabalhos, que começaram em Dezembro e têm o prazo de 12 meses para ser realizados.

“Estas acções, a par de outras em estudo, são fundamentais não só por permitir recuperar todo o património natural que nos caracteriza e que foi devastado por esse malogrado incêndio, mas também por reduzir a possibilidade de outras ocorrências do género”, segundo João Miguel Henriques.

O autarca afirma que “é urgente adoptar uma política preventiva, que assegure a maior protecção, ao mesmo tempo que contribua para a preservação da natureza”, “um dos activos mais importantes do concelho em matéria de promoção do turismo de natureza e dos desportos de aventura”.

Entre as acções a executar estão a substituição de sinalização danificada, a recuperação das faixas de gestão de combustível associadas aos aglomerados populacionais, a rede viária e os pontos de água, com corte e remoção de árvores e arbustos queimados nas linhas de água e nas margens, além da plantação de espécies autóctones.