Coimbra  22 de Abril de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Pinhões atraem milhares de pessoas a Ansião durante o fim-de-semana

26 de Janeiro 2018

Vem do século XVII o fascínio pelos pinhões que, anualmente, em Janeiro, se transforma numa verdadeira romaria, atraindo milhares de pessoas ao concelho de Ansião. A tradição volta a cumprir-se este fim-de-semana, com a praça do Município pronta para receber a Centenária Feira dos Pinhões.

Muita música, cultura, gastronomia, exposições, artesanato e produtos endógenos são alguns dos ingredientes que fazem deste evento único no concelho, onde se reúnem os maiores produtores deste fruto seco, permitindo dinamizar a economia local e dar a conhecer o melhor de Ansião.

Embora o certame seja já uma referência em toda a região e, até a nível nacional, a autarquia pretende melhorá-lo e ampliá-lo, de forma a integrar também os sectores agrícola e associativo.

Este ano, a feira já irá contar com mais expositores (cerca de 15) e um desfile das associações do concelho. Embora o espaço onde decorre a feira seja limitado, a autarquia decidiu mudar a disposição dos vários elementos, mudando o palco para Norte, para “dar mais abertura e possibilitar a circulação de pessoas”, revelou o presidente da Câmara Municipal de Ansião, António Domingues

No espaço expositivo, os produtores locais apresentam aos visitantes produtos típicos como as compotas e licores de Sicó, os doces, o famoso queijo do Rabaçal, o vinho, o mel e o azeite das Terras de Sicó, bem como os enchidos, o artesanato e, claro, as famosas fiadas de pinhões que captam a atenção de quem visita a feira.

No total estarão presentes cerca de 50 expositores, entre os quais se destacam as tradicionais “vendedeiras” de pinhões, cujo preço, este ano, poderá ascender aos 90 euros por quilo, devido à falta de chuva e ao Verão quente, seco e prolongado de 2017.

Programa atractivo e diversificado

A edição de 2018 da Centenária Feira dos Pinhões abre as suas portas amanhã (27), às 09h00, com animação de rua até às 13h00, com o grupo de gaiteiros “CA´Gaita”, os bombos Só Pedra e pinturas faciais e modelagem de balões para os visitantes mais novos. A abertura oficial do certame acontece às 15h00, seguindo-se, meia hora mais tarde, a apresentação do livro “Tons de um Aparo Comprometido”, de Filipe Antunes dos Santos.

A tarde será de música, com concertos dos Só Pedra, d´Os Amigos da Gaita, Rancho Típico de Alvorge e da Banda Sociedade Filarmónica Avelarense. Pelas 21h00, no Centro Cultural, serão inauguradas as Jornadas Teatrais com a peça “Harpagão, o velho avarento”, pelo grupo de teatro Olimpo.

No domingo (28), as portas abrem às 09h00, e entre as 12h30 e as 20h00, a animação ficará a cargo do programa da TVI “Somos Portugal”, que transmitirá em directo da praça do Município. Ainda na tarde de domingo, uma das novidades deste ano, o desfile associativo das instituições do concelho, numa tentativa de as valorizar e promover juntos dos visitantes.

A feira conta com um investimento de mais de 25 000 euros, “um valor ligeiramente acima do ano passado”, adiantou o autarca de Ansião, explicando que esse aumento se deve à melhoria dos stands de exposição.