Coimbra  22 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Penela: Novo escaravelho descoberto em gruta na serra do Sicó

8 de Janeiro 2019

Um escaravelho subterrâneo, sem olhos e sem pigmentação, é o primeiro do género a ser descoberto em Portugal, segundo uma investigação acabada de publicar no boletim ZooKeys.

A descoberta de Ignacio Ribera, do Instituto de Biologia Evolucionária (Espanha), e de Ana Sofia Reboleira, da Universidade de Copenhaga (Dinamarca), foi feita na gruta do soprador do Carvalho, no concelho de Penela.

A gruta, que faz parte do sistema de Dueça, estende-se por quatro quilómetros no maciço calcário da serra do Sicó.

Com 2,80 milímetros de comprimento e 1,10 milímetros de largura e corpo alaranjado, o escaravelho, uma fêmea, é o único exemplar conhecido da nova espécie, ‘Iberoporus pluto’. Não tem olhos nem pigmentação no corpo, o que revela adaptação a meios onde a luz solar não chega, mas os membros longos e as antenas indicam poucas capacidades para nadar.

Além de estudar a morfologia do escaravelho, a equipa analisou também a sua composição molecular.