Coimbra  21 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Óbito / Arnaut: “Lutador corajoso”, diz Maria de Belém

22 de Maio 2018

A ex-ministra da Saúde Maria de Belém Roseira disse que António Arnaut, falecido ontem, foi um “lutador corajoso pelos ideais da liberdade”.

Coordenadora geral da associação Dignitude, instituição de que o falecido também foi co-fundador, a ex-governante enaltece o combate de Arnaut “pelos ideais da liberdade, igualdade e fraternidade”.

Segundo a antiga ministra, a ele “ficamos a dever a defesa e protecção do direito à saúde, enquanto direito humano de realização a cargo do Estado, bem como um permanente investimento na capacitação das pessoas através de uma participação cívica muito activa e até ao fim da vida”.

Maria de Belém define António Arnaut como “homem corajoso, coerente, inteligente e sensível, dotado de capacidade de utilização da palavra escrita e falada ao serviço de causas nobres”.

O advogado e escritor esteve, em 2015, na criação da Dignitude, que tem por missão “o desenvolvimento de programas solidários de grande impacto social, que promovam a qualidade de vida e o bem-estar dos portugueses”, recorda a ex-governante.