Coimbra  24 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor-o-Velho: Peneireiro resgatado em Seixo de Gatões

20 de Fevereiro 2019

Peneireiro resgatado

 

A Câmara de Montemor-o-Velho anunciou, hoje, que um peneireiro (Falco tinnunculus), que se encontrava ferido, foi resgatado pelo Serviço Municipal de Protecção Civil, em Seixo de Gatões.

A ave de rapina apresentava ferimentos e, em colaboração com o Núcleo de Protecção do Ambiente do Destacamento Territorial de Montemor-o-Velho da GNR, foi entregue ao Instituto de Conservação da Natureza e da Floresta, com o objectivo de promover a sua recuperação para ser futuramente devolvida ao seu habitat natural.

O peneireiro é uma ave comum no Baixo Mondego por se tratar de uma zona agrícola, abundante em alimento.

A autarquia lembra que quando se encontre uma ave de rapina ferida deve ser contactada a GNR (239 687 140), o ICNF ou os Serviços Municipais de Protecção Civil.

“Caso consiga, use uma toalha, ou manta, de forma a cobrir a cabeça da ave e privá-la da visão (tendo particular cuidado com o bico e as garras). Recolha a ave, usando luvas grossas, contendo-lhe as asas e as patas, e coloque-a numa caixa de cartão perfurada ou numa transportadora de animais domésticos tapada com um pano, sem adicionar nada no seu interior.”, acrescenta.

Aconselha-se, ainda, que se mantenha a ave num local calmo, escuro e aquecido, evitando perturbá-la, e quando da entregar às autoridades se dê todas as informações necessárias.