Coimbra  20 de Abril de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Miranda do Corvo: Abutres na corrida à organização do mundial de trail

23 de Janeiro 2018

A Associação Abutrica, de Miranda do Corvo, responsável pela organização do Trilho dos Abutres, integra um leque restrito de entidades candidatas a organizar o campeonato do mundo de trail de 2019, foi hoje anunciado.

A candidatura já ultrapassou a primeira fase e encontra-se numa ‘short list’ (lista curta) de candidatos, disse Hugo Cabral, da Associação Abutrica, na conferência de Imprensa de apresentação do VIII Trilhos dos Abutres, que se realiza no próximo fim-de-semana, envolvendo mais de 1 500 atletas.

Em Fevereiro e Março, os responsáveis da Associação Internacional de Trail Running e Associação Internacional de Ultramaratona visitam os locais e em Maio será anunciada a candidatura vencedora.

Segundo Hugo Cabral, a organização do campeonato do mundo de trail running em Miranda do Corvo poderá representar um impacto económico de 1,5 milhões de euros, para um investimento de cerca de 300 000 euros.

“A crescente procura por atletas estrangeiros e o reconhecimento nacional e internacional da prova do Trilhos dos Abutres” são algumas das razões invocadas pela Associação Abutrica na sua candidatura.

Caso sejam os escolhidos, em 2019 a Associação Abutrica mantém a realização do Trilho dos Abutres, no final de Janeiro, e organiza o Campeonato Mundial, que consiste na organização de duas provas, uma de 42 e outra de 50 quilómetros.

A oitava edição da prova de ‘trail running’ Trilho dos Abutres 2018, que vai decorrer em Miranda do Corvo, entre sexta-feira e domingo, vai receber 1 685 atletas, dos quais 114 são estrangeiros de 18 nacionalidades, anunciou hoje a organização.

O evento conta com as distâncias de Ultra Trilhos (50 quilómetros, Trilhos (30 quilómetros), Mini Trilhos (20 quilómetros e 12 quilómetros) e Caminhada (12 quilómetros), além de uma prova para os mais pequenos (Trilhos Júnior) e a Expotrail, “a maior feira no sector em Portugal”, segundo a Associação Abutrica.

As provas de maior distância realizam-se no sábado e têm início no Mercado Municipal de Miranda do Corvo e desenrolam-se maioritariamente na Serra da Lousã, nas áreas geográficas das freguesias de Vila Nova e Miranda do Corvo.

A logística da organização envolve 300 voluntários, 45 bombeiros, oito enfermeiros e outros tantos militares e um médico, apoiados por 18 viaturas.