Coimbra  21 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Magia do Natal espalha-se por toda a cidade de Coimbra

15 de Dezembro 2017

Da “Baixa” à Alta, da margem esquerda à Universidade, até final deste ano, a cidade de Coimbra proporciona aos seus habitantes e turistas um conjunto de actividades para todos os gostos e idades.

O programa “Luzes sobre a Baixa de Coimbra”, proposto pela autarquia em parceria com a Agência para a Promoção da ‘Baixa’ (APBC), dinamiza diversas iniciativas gratuitas, até 06 de Janeiro, e em vários locais do centro histórico da cidade.

Nesta próxima semana, e em particular no fim-de-semana, destaque para as Confrarias no Mercado de D. Pedro V (sábado – 16, das 09h30 às 13h00); para o concerto de Natal com o Coro Carlos Seixas da Casa do Pessoal do Município de Coimbra, o Coro de Câmara de Cascais e o Coral de Évora (sábado, 15h30) na igreja de Santa Cruz; a actuação do Coro dos Pequenos Cantores de Coimbra (sábado, 18h00) no átrio do Paços do Concelho; a comemoração dos 45 anos do Choral Poliphonico de Coimbra (sábado, 18h00) na capela da Universidade de Coimbra; e o XIV Serão Reviver Cânticos do Ciclo Natalício (sábado, 21h30) na Sé Velha. No domingo, os concertos e a animação de rua serão as principais actividades da “Baixa”, que recebe grupos de dança, de concertinas, de fados, ranchos folclóricos, e claro, o Pai Natal.

Destaque, ainda, para a iniciativa “Queres ser amigo do Torga no Natal? Conheces a Casa?”, na Casa-Museu de Miguel Torga, destinada aos mais pequenos, e que tem entrada livre (terça-feira – 19, das 15h00 às 17h30). Mais tarde, no mesmo dia, realiza-se mais uma sessão do ciclo “Coimbra (t)em Poesia” – especial de Natal, com o grupo “Declamar Poesia no Salão”, na Casa da Escrita (18h15).

A “Hora do Conto”, diversos ateliers e actividades no Exploratório – Centro de Ciência Viva de Coimbra são outras das iniciativas que vão decorrer ao longo desta e das próximas semanas, no âmbito da programação de Natal da Câmara Municipal.

Bienal e espaços museológicos deslocalizam actividades natalícias

Mas Coimbra tem muito mais para oferecer até final do ano. A Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra – “anozero” é um dos pontos fortes de atractividade durante este mês, com a principal exposição a ter lugar no Mosteiro de Santa Clara-a-Nova. O tema desta segunda edição é “Curar e Reparar” e traz até à cidade obras de 35 artistas, portugueses e estrangeiros, que expõem em vários locais emblemáticos de Coimbra, com destaque para os classificados como Património Mundial da Humanidade.

Também na freguesia de São Martinho do Bispo, está patente no átrio da Escola Básica, um presépio mecanizado, da autoria de Juvenal Costa, que pode ser visitado todos os dias. Também a freguesia de Santo António dos Olivais tem patente um presépio tradicional, patente no largo do padre Estrela Ferraz, com vitrais elaborados pelos alunos da Escola Básica e Secundária da Quinta das Flores.

Para além disto, o Mosteiro de Santa Clara-a-Velha preparou uma programação especial para este mês de Dezembro, que inclui uma exposição de brinquedos populares e várias sessões das “Oficinas do Brincar”.