Coimbra  25 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CHUC com projecto para humanizar relações entre doentes e profissionais

17 de Janeiro 2019

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança no dia 24 o “Projecto H2 – Humanizar o Hospital”, que visa sensibilizar para a humanização da relação entre doentes e profissionais de saúde.

De acordo com o CHUC, o objectivo do projecto é “sensibilizar o universo hospitalar para a importância da adopção de uma cultura centrada no respeito pela pessoa doente e de quem dela cuida”, promovendo assim a melhoria da actividade assistencial.

Por outro lado, visa “constituir-se como um incentivo a um trabalho colaborativo que envolva profissionais de saúde, doentes e seus familiares”.

Neste momento, segundo o CHUC, estão já em desenvolvimento as primeiras linhas de actuação, que passam pela “promoção de uma cultura de humanização” (com a colaboração e envolvimento das chefias intermédias) e preparação de inquéritos de satisfação (com a colaboração do Centro de Estudos e Investigação em Saúde da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra).

Encontra-se também em desenvolvimento um programa de formação em comunicação e empatia (com a colaboração do Instituto de Psicologia Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra) e o desenvolvimento de acções de sensibilização contra o ruído hospitalar (com a colaboração do ITeCons – Universidade de Coimbra).

Na sua estrutura, o “Projecto H2-Humanizar o Hospital” integra um responsável, João Pedroso de Lima, uma equipa de coordenação e uma assembleia de colaboradores, esta última a ser constituída por voluntários individuais e por delegados dos serviços hospitalares.

“Esta iniciativa do CHUC tem por base a assumpção de valores e princípios humanísticos, como o respeito e a dignidade da pessoa, a cortesia e a empatia na relação com o outro, o profissionalismo e o trabalho em equipa”, refere o Centro Hospitalar.

A apresentação do projecto está prevista para o dia 24, às 12h15, no átrio dos Hospitais da Universidade de Coimbra.