Coimbra  21 de Abril de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Carlos Monteiro assume presidência da Câmara da Figueira da Foz

9 de Abril 2019

Carlos Monteiro, até agora segundo no executivo camarário da Figueira da Foz, assume a liderança do Município após a saída de João Ataíde para secretário de Estado do Ambiente.

João Ataíde, presidente da Câmara da Figueira da Foz desde 2009, vai ser empossado secretário de Estado do Ambiente, quinta-feira, substituindo no cargo Carlos Martins, que pediu a demissão, na semana passada, depois de ter sido noticiado que nomeou um primo, Armindo Alves, para adjunto do gabinete. Armindo Alves já se tinha demitido, no dia anterior.

O novo presidente da Câmara, Carlos Monteiro, que nasceu na Figueira da Foz em 24 de Agosto de 1962, reside na cidade e é licenciado em Biologia, ramo de formação educacional, na Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra. Concluiu o Curso de Formação Especializada em Administração Escolar, pela Universidade de Coimbra – Centro de Estudos Superiores de Alcobaça.

Carlos Monteiro, que preside à Comissão Política Concelhia do PS, foi, de 2001 a 2005, membro da Assembleia de Freguesia de S. Julião da Figueira da Foz e, de 2005 a 2009, da Assembleia Municipal.

Desde 2008, possui o estatuto de formador em Administração Educacional e Organização do Sistema Educativo. Iniciou as suas funções docentes em 1987. Em 1999, foi eleito presidente do Conselho Executivo da Escola Secundária (com terceiro ciclo do ensino básico) de Joaquim de Carvalho (Figueira da Foz), cargo que exerceu até 2009.

Neste mesmo ano, foi eleito director da Escola para o quadriénio 2009 -2013. O seu caso foi objecto de estudo de uma tese de doutoramento, “Gestão e liderança nas escolas portuguesas – a emergência de novos líderes entre a conformidade e a inovação” (2008), de José Manuel Silva, presidente do Conselho Directivo da Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria.