Coimbra  26 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Alunos de Engenharia Informática da UC criam aplicações inovadoras

4 de Janeiro 2019

Os estudantes do 3.º ano da licenciatura em Engenharia Informática põem à prova as suas capacidades na cadeira de ‘Processos de Gestão e Inovação’, através do desenvolvimento de aplicações inovadoras para ‘smartphones’.

Acadepto”

Uma das ferramentas desenvolvidas por um grupo de alunos foi a ‘app’ Acadepto, que tem como objectivo “potenciar a divulgação do desporto praticado pelas Secções Desportivas da Associação Académica de Coimbra (AAC)”, revelam os promotores.

Nesta aplicação é possível saber informações gerais sobre cada secção desportiva, das 26 existentes, como descrição, local de treinos/sede, horário de treinos e contactos; bem como ter conhecimento do calendário de jogos de cada secção desportiva.

A ideia destes estudantes foi, por isso, tentar “aproximar a população conimbricense do desporto praticado pela AAC, de forma a trazer mais pessoas aos jogos e ao mesmo tempo à prática desportiva das modalidades existentes”.

Uma primeira versão da ‘app’ está já disponível para download na PlayStore e para mais informações, basta ir à página de Facebook da Acadepto (www.facebook.com/acadeptoAAC/)

Acadepto

 

APPraxe”

Um outro grupo de estudantes quis trazer “a velha tradição na palma da mão” e, para tal, criou a APPraxe, cujo objectivo passar por dar ao caloiro, no início do ano, “acesso às informações relativas às praxes, caso pretenda aderir, não sendo necessário ter acesso a redes sociais, onde estas informações são partilhadas em primeira instância normalmente”, revelam os estudantes.

Assim, torna-se “mais fácil a integração dos caloiros e não obriga a adesão a redes sociais, já que muitas pessoas optam por não fazer parte delas”, salientam.

Esta ferramenta poderá, assim, “resolver vários problemas que esta comunidade”, nomeadamente no que diz respeito ao “ao aproveitamento integral da praxe”.

“Com a oportunidade do curso que frequentamos e o apoio do Conselho de Veteranos, achamos por bem criar algo que resolvesse [esses problemas]. A aplicação consiste na criação de grupos de praxe e na inserção de elementos neles, onde estes podem ver/fazer convocatórias e partilhar a localização”, referem. Também a esta aplicação terá acesso o Conselho de Veterano para adicionar informação sobre a praxe, nomeadamente se há ou não e a sua razão.

Os promotores consideram que esta ferramenta poderá ser uma mais-valia para “melhorar a vida académica de um estudante de Coimbra da comunidade praxista”.

A aplicação está já disponível para download na Play Store e mais informações na página de Facebook (https://www.facebook.com/APPraxe/).

APPraxe

 

Got2Eat”

A dificuldade em alimentar-se de uma forma correcta e em confeccionar as próprias refeições durante os anos de estudante universitário foi o que motivou um outro grupo de estudantes a desenvolver a aplicação Got2Eat.

O objectivo é, precisamente, “ajudar os estudantes a preparar as suas refeições, permitindo que tenha acesso a receitas concretizadas através do uso de poucos ingredientes, reduzindo assim os seus gastos na alimentação”, referem.

A Got2Eat pretende “facilitar a vida dos estudantes disponibilizando várias receitas, dependendo estas dos ingredientes que o utilizador tem à sua disposição, ou seja, o utilizador insere os ingredientes e a aplicação, através de um sistema de inteligência artificial, e ao ler os pedidos, disponibiliza várias receitas que contêm o ingrediente sugerido, incluindo o tempo e o modo de confecção”, realçam os estudantes. A aplicação tem, ainda, uma funcionalidade que indicará ao utilizador os restaurantes localizados no raio de um quilómetro.

Também a Got2Eat está disponível para download na Google Play Store e no Facebook (facebook.com/got2eatAPP).

Got2Eat