Coimbra  21 de Abril de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Mulher detida com elevada taxa de alcoolemia

8 de Março 2019

Uma cidadã, com 30 anos de idade, foi detida, hoje, pelas 04h15, no largo de Santana (Coimbra), por conduzir embriagada, revelou o Comando Distrital de Coimbra da PSP.

A mulher foi interceptada pela Polícia de Segurança Pública com 3,38 gramas de álcool por litro de sangue. Há lugar a detenção quando a taxa é superior a 1,20 gr/l.

Ainda durante a mais recente madrugada, a Polícia deteve outras quatro pessoas: uma mulher, com 21 anos, e dois homens, com 23 e 31 anos. Os três apresentavam taxas entre 1,31 e 1,56 gramas de álcool por litro de sangue.

Perante cinco detenções, na mesma noite, por condução com excesso de álcool, a PSP alerta para os malefícios de tal prática, que podem ser prejudiciais para o condutor e para os restantes ocupantes do carro e até mesmo para outros condutores e peões.

“O consumo do álcool origina efeitos bastante nocivos, que prejudicam, em muito, o exercício da condução”, assinala a Polícia, salientando que “a audácia incontrolada, a perda de vigilância em relação ao meio envolvente, perda de capacidade cognitivas e motoras, o aumento do tempo de reacção, a diminuição da resposta reflexa e da resistência à fadiga” são algumas das consequências de conduzir embriagado.

“Nenhum condutor sob o efeito do álcool tem a consciência das suas limitações e assume que se encontra bem e com as suas capacidades a funcionar em pleno; traduz-se, assim, e como já tem sido amplamente difundido, num risco exacerbado para si próprio e para todos os utentes da via”, adverte a PSP.