Coimbra  25 de Junho de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Visitas a Coimbra exploram desde a Inquisição ao Património Mundial

6 de Junho 2018

A iniciativa da Câmara Municipal de Coimbra “Visitas guiadas”, que tem tido cada vez mais adesão do público, está de regresso neste mês de Junho com mais sessões, que percorrem a história e cultura da cidade, com temas que vão desde a Inquisição até ao Património Mundial da UNESCO.

As próximas sessões terão lugar:

  • Terça-feira (12) – 15h00 – Pátio da Inquisição

“Roteiros de Coimbra – A Inquisição em Coimbra”, que consiste na visita guiada a espaços (exteriores) associados ao período em que este poderoso Tribunal da Fé esteve instalado em Coimbra, relacionando-o com o seu desenvolvimento em Portugal, desde a sua fundação até à extinção.

  • Quinta-feira (14) – 15h00 – Casa Municipal da Cultura

“Roteiros de Coimbra – Da Sereia a Santa Cruz”, trata-se de uma visita que compreende a evolução da cidade no espaço que medeia o Jardim da Sereia e o Mosteiro de Santa Cruz, relacionando-a com o desenvolvimento desta casa religiosa, desde a sua fundação até à actualidade.

  • 19 de Junho (terça-feira) – 15h00 – Câmara de Coimbra (ponto de encontro)

“Tesouros de uma cidade Património Mundial – De Colégio a Tribunal”, uma visita que tem como propósito associar-se às comemorações do centenário do Tribunal da Relação, dando a conhecer as suas origens, evoluções e funções actuais.

  • 21 de Junho (quinta-feira) – 15h00 – Lapa dos Esteios

“Vivências nos Jardins – Lapa dos Esteios”, consiste numa visita a esta varanda natural sobre o rio Mondego, de tipologia romântica, que se organiza em pequenos patamares desnivelados que acompanham o declive da antiga Quinta das Canas e que transporta para o imaginário romântico das celebrações à primavera feita por académicos, em finais do século XIX.

  • 26 de Junho (terça-feira) – 15h00 – Largo de D. Dinis

“Roteiros dos Escritores – Roteiro 3”, uma visita aos espaços exteriores associados a personalidades que nasceram, viveram, estudaram, ou que de algum modo estão ligados à cidade de Coimbra, divulgando também a sua obra escrita e a cidade por eles vivenciada.

Todas as visitas guiadas, a maioria de entrada livre, só serão realizadas com um mínimo de 10 pessoas e um máximo de 30, sendo que os interessados deverão proceder à sua inscrição, via telefónica ou presencial, na Câmara Municipal de Coimbra.