Coimbra  20 de Abril de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

UFC mobilizada para reforço da coesão social na Pedrulha

5 de Abril 2019

O reforço da coesão social na Pedrulha é o objectivo de um projecto cuja apresentação vai ser feita, segunda-feira (08), no Centro Social e Paroquial, pela Junta da União de Freguesias de Coimbra (UFC).

Trata-se do projecto mais votado no âmbito de uma consulta popular sobre o orçamento participativo daquela autarquia.

O escrutínio apurou 44 votos para uma proposta da autoria de Cláudia Antunes, que acena com a criação de um concurso intitulado “ArtEnergy”, para ocorrer uma intervenção artística nos armários da EDP existentes nas principais vias da Pedrulha.
O projecto visa fortalecer “os laços de bairro”, através de uma acção artística em prol da qualidade de vida urbana, disseram fontes autárquicas ao nosso Jornal.
A Pedrulha foi, em tempos, uma zona industrial com alguma relevância para a cidade de Coimbra, na medida em que se tratou da primeira grande área delimitada para implantação de actividades do sector secundário.
Vicissitudes levaram a que muitas das empresas ali instaladas (Triunfo, Estaco, Fábrica da Cerveja, Termec e Fiaco) tenham desaparecido.
“A Pedrulha industrial foi sendo esquecida e a zona habitacional está a ir pelo mesmo caminho, pois, nada se tendo feito, existe uma falta de valorização do Município de Coimbra por esta zona e a própria comunidade vai perdendo raízes e valores”, disse fonte autárquica ao “Campeão”.
A proposta consiste no lançamento de um concurso intitulado “ArtEnergy”, visando dar nova “vida” a armários da EDP no sentido de as ruas de 04 de Julho e de 1º. de Maio se assumirem como “cartão de visita” do bairro.