Coimbra  21 de Julho de 2017 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Templo Ecuménico da ADFP abre ao público amanhã

21 de Abril 2017

 

Inaugurado em Setembro de 2016, o Templo Ecuménico Universalista, da Fundação Assistência, Desenvolvimento e Formação Profissional (ADFP), vai abrir ao público, oficialmente, já amanhã (22).

O edifício piramidal e as estruturas simbólicas, representativas de várias religiões, estavam concluídos, no entanto faltava electricidade para que se pudesse finalizar, no interior, o Observatório das Religiões, e colocar todo o equipamento a funcionar em pleno. Uma situação que se resolveu, recentemente, com a instalação de uma unidade de painéis fotovoltaicos de energia solar.

O local onde se situa o Templo não tem rede de energia eléctrica, condicionante que levou a que, desde a sua abertura, só tenha permitido a visita a grupos com agendamento prévio.

A partir de amanhã, entre as 10h00 e as 18h00, o espaço estará aberto a visitas, apenas encerrando uma hora para almoço.

Na bilheteira é possível adquirir ingressos de entrada ou pacotes de visita que integra o Parque Biológico da Serra da Lousã e até mesmo refeições no restaurante Museu da Chanfana.

O sistema de bilheteira funciona em estreita articulação com o Parque Biológico, na medida em que o Templo pertence ao conjunto filosófico e turístico TRIVIUM.

O Templo Ecuménico Universalista é o primeiro deste género na Europa, situando-se no topo da colina do Parque Biológico da Serra da Lousã e com vistas para os concelhos circundantes de Lousã, Vila Nova de Poiares, Penela e Coimbra.

O edifício configura uma pirâmide de base quadrangular, integrada numa vasta área florestal, e com uma envolvente repleta de símbolos e representações das várias religiões.

A pirâmide tem a altura de 13,40 metros igual à dimensão do Templo de Salomão, construído no séc. XI AC, em Jerusalém.

O Templo Ecuménico representa, independentemente da fé de cada um, o espírito e a fraternidade.