Coimbra  21 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

S. Martinho Bispo: Talentos locais em destaque na 16.ª Semana Cultural

31 de Maio 2018

Música, gastronomia, artesanato, mostra de associações e colectividades locais, bem como as tradicionais marchas populares e o Festival de Folclore são os ingredientes que compõe o cartaz da XVI Semana Cultural de S. Martinho do Bispo, em Coimbra.
O certame, que abre as suas portas já amanhã (01) e se prolonga até 10 de Junho, espera continuar as atrair milhares de pessoas que, de ano para ano, têm marcado presença no evento.
Realizado no espaço junto à sede da freguesia de S. Martinho do Bispo, esta Semana Cultural foca-se, bastante, na “prata da casa”, mostrando o que de melhor existe naquela localidade.
Desde a gastronomia tradicional, com sete tasquinhas, até à mostra de artesanato, com 44 expositores, passando pela animação musical e tradicional, bem como a habitual “Caminhada Verde”, durante sete dias todos os caminhos vão dar a S. Martinho do Bispo.
Este ano, a Semana Cultural tem dois dias a menos do que no ano passado, contudo, começa um dia mais cedo e termina um dia mais tarde, embora com uma interrupção na segunda, terça e quarta-feira.
Como as grandes novidades para este ano, Jorge Veloso, presidente da União de Freguesias de S. Martinho do Bispo e Ribeira de Frades, destaca a presença da Orquestra ‘Consequência’, de Figueiró dos Vinhos, que vem acompanhada pelo cantor José Freitas, concorrente ao programa de talentos da SIC Factor X. Também para o grupo Fonte da Pipa, “amigos da casa”, esta é a primeira vez que actua no certame.
“Temos um cartaz de animação razoável, dando sempre preferência às pessoas da UF. Por cá têm passado grupos que prestaram boas actuações e vamos tentar que este ano as coisas corram ainda melhor do que nos anos anteriores”, afirmou o autarca.
Ana Leão, Kremlin, Dexys, 2 Vikings, Ruizinho de Penacova, Hidrogénio e os Sant´Isabel são os grupos musicais convidados para animar as diversas noites da Semana Cultural, aos quais se junta a tradicional noite das marchas populares (com quatro grupos de Coimbra e um de Vilamar – Cantanhede, num total de cerca de 250 marchantes), na sexta-feira (08); bem como o XL Festival de Folclore do Grupo de Danças e Cantares da Casa do Povo de S. Martinho do Bispo, no domingo (03).
Além disso, o desporto volta a marcar presença, através da V Caminhada Verde do Mondego, domingo (10), a partir das 10h30, com o percurso entre a Alameda da Feira, o Choupal e regresso ao ponto de partida (seis quilómetros no total). A prova é, uma vez mais, realizada em parceria com a Escola de Atletismo do Casaense e tem já inscrições abertas (com o custo de cinco euros e até 03 de Junho), em corridaverdemondego.blogspot.com ou nas duas sedes da UF.
Do programa fazem, ainda, parte o 'Mercadinho à Moda Antiga' (domingo, 03, 08h00) e, claro, a ‘Feira dos 7’ (quinta-feira, 08h00).

Recinto é pequeno face à procura de expositores

A 16.ª edição da Semana Cultural vai contar com 44 expositores, que trabalham nas mais diversas artes. Contudo, Jorge Veloso assume que a lista de espera para participar no certame é vasta, chegando ao dobro dos que têm lugar no recinto.
O antigo desejo de promover esta iniciativa no espaço afecto à “Feira dos 7 e 23” poderá estar mais perto de ser concretizado, uma vez que “a requalificação do recinto está já a ser efectuada”, esperando o autarca que “em 2019 já seja possível”, contudo, “sem qualquer garantia”. A UF tem, ainda, uma candidatura à “Coimbra Mais Futuro”, no entanto as inscrições ainda não abriram.
“A ideia era ter uma Semana Cultural mais abrangente, que incluísse toda a União de Freguesias, para evitar ter um evento aqui e outro na Ribeira de Frades, concentrando tudo num só e não duplicar, como temos vindo a fazer até agora”, explicou Jorge Veloso.

Gastronomia e música assumem destaque

Quanto às tasquinhas, este ano voltam a ser sete, dinamizadas por cinco ranchos folclóricos e duas associações da freguesia de S. Martinho do Bispo. O autarca diz que, também para este sector, “há mais pedidos”, mas o espaço e a logística não permitem albergar mais tasquinhas.
Nos “restaurantes” improvisados serão servidos os pratos típicos da região, como a chanfana, as febras, os negalhos, as tripas grelhadas, diversos pratos de bacalhau ou o tradicional arroz doce.
“Estes espaços gastronómicos são bem aceites pelas pessoas e permitem-nos perceber que esta mostra já atingiu algum patamar considerável, porque somos visitados por muita gente que não é da União de Freguesias”, realçou o presidente.
Para Jorge Veloso, o grande objectivo desta Semana Cultural é poder “dar alguma hipótese às colectividades de melhorarem um pouco a sua ‘performance’ em termos económicos, porque as coisas estão difíceis para todos”.
A sobreposição de datas com a Feira Cultural de Coimbra é já algo habitual, contudo, o autarca acredita que o certame de S. Martinho “não se pode queixar com falta de público” nem de artesãos, já que há um deles que estará presente nos dois locais. Jorge Veloso admite, no entanto, que “seria bom para todos que a Feira Cultural não se realizasse na mesma altura”.

 

PROGRAMA

Amanhã (01)
18h00 – Abertura oficial
19h00 – Animação musical
Gaiteiros Rouxinóis do Mondego
Grupo Lyrius
22h00 – Grupo Fonte da Pipa
02h00 – Encerramento

Sábado (02)
13h00 – Abertura
15h00 – Animação musical:
Gaiteiros Rouxinóis do Mondego
18h00 – Grupo de Concertinas
“Foles e Cantorias de Santa Clara”
21h00 – Grupo Dexys
02h00 – Encerramento

Domingo (03)
08h00 – Mercadinho à Moda Antiga
13h00 – Abertura
15h00 – Animação musical
18h00 – XL Festival de Folclore Grupo de Danças e Cantares da Casa do Povo de S. Martinho do
Bispo
22h00 – Os 2 Vikings
24h00 – Encerramento

Quinta-feira (07)
08h00 – Feira dos 7
Gaiteiros Rouxinóis do Mondego
13h00 – Almoço do Expositor
18h00 – Abertura
22h00 – Ruizinho de Penacova
24h00 – Encerramento

Sexta-feira (08)
18h00 – Abertura
21h00 – Noite de Marchas Populares
23h00 – Banda Kremlin
02h00 – Encerramento

Sábado (09)

13h00 – Abertura
15h00 – Animação musical
21h00 – Ana Leão – “Rústica”
23h00 – Banda Hidrogénio
02h00 – Encerramento

Domingo (10)
10h00 – V Caminhada Verde do Mondego
13h00 – Abertura
15h00 – Animação musical
20h00 – Grupo Sant´Isabel
22h00 – Orquestra Consequência (Figueiró dos Vinhos) com José Freitas
24h00 – Encerramento