Coimbra  17 de Dezembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Região Centro tem a menor taxa de desemprego do país

13 de Fevereiro 2018

Os dados mais recentes divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) revelam que a região Centro tem a menor taxa de desemprego do país, revelou a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).

Os números salientam a melhoria que ocorreu no Centro durante o ano de 2017, em que houve criação de emprego e diminuição do desemprego jovem e de longa duração.

Em 2017, a região apresentou uma taxa de desemprego de 6,9 por cento, valor bastante inferior aos 8,4 por cento registados no ano anterior e aos 8,9 por cento da média nacional, permanecendo assim como a região do país com menor taxa de desemprego. A descida registada foi de 26,8 por cento para 20,8 por cento.

Também no ano passado, o número de desempregados ascendia a 79 800 desempregados, menos 16 200 indivíduos do que em 2016.

“A taxa de desemprego jovem de 2017 corresponde ao menor dos últimos anos e coloca a região Centro com o segundo melhor desempenho regional (depois do Algarve), representando 87,0 por cento da média nacional”, adianta a CCDRC.

Já em comparação com a média europeia, verifica-se que, “nos últimos anos, os níveis de desemprego jovem têm-se mantido bastante acima da média dos 28 países da União Europeia, assumindo, em 2017, 123,8 por cento da média europeia. Apesar desta diminuição, nesta data, encontravam-se desempregados 15,8 000 indivíduos, entre os 15 e os 24 anos”, sublinha.

Quanto aos desempregados de longa duração, também estes diminuíram na região, sendo agora menos 30 por cento do que em 2016.

No entanto, nem tudo são boas notícias, já que o trabalho precário (avaliado pela evolução do número de trabalhadores com contrato com termo) cresceu cerca de cinco por cento neste último ano. “Estima-se assim que, em 2017, os empregados com contrato com termo na região Centro eram 152,2 000 indivíduos enquanto os contratados sem termo eram 663,4 000”.

Segundo a CCDRC, é importante salientar que “o posicionamento da região Centro relativamente à taxa de emprego dos 20 aos 64 anos, já que esta aumentou para os 74,8 por cento, ficando assim muito próxima da meta estabelecida pela União Europeia para 2020 (75,0 por cento)”.

O valor assumido por este indicador na região Centro mantém-se, contudo, superior à média nacional (73,4 por cento), sendo um dos mais elevados entre as regiões portuguesas.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com