Coimbra  17 de Outubro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Projecto da Faculdade de Medicina da UC vence concurso da CCDRC

29 de Novembro 2017

“NoMicro Technologies”, um projecto da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra e do Centro de Neurociências e Biologia Celular (CNC), foi um dos três vencedores do concurso de “Boas Práticas de Envelhecimento Activo e Saudável na Região Centro”, promovido pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC).

Os vencedores foram conhecidos na terça-feira (28) e, para além deste projecto, os restantes premiados são: “Cuidados especializados para demência”, da União das Misericórdias Portuguesas – Unidade de Cuidados Continuados Bento XVI (Fátima) e “Novas Primaveras” da Sociedade Artística Musical dos Pousos (Leiria).

O concurso tem como principal objectivo “aumentar a divulgação e o reconhecimento de projectos e iniciativas que promovam o envelhecimento activo e saudável na região Centro”.

Para Ana Abrunhosa, presidente da CCDRC, “a inovação, a qualidade e a quantidade das boas práticas recebidas superaram todas as expectativas da organização e traduzem um crescente envolvimento e consciencialização dos agentes da região para o envelhecimento activo e saudável”.

O projecto da Faculdade de Medicina da UC e do CNC venceu na categoria “Conhecimento+” e consiste no desenvolvimento de “um penso para aumentar a cicatrização de feridas crónicas e prevenir a sua infecção microbiana”, encontrando-se, actualmente, “a realizar a prova de conceito em modelos pré-clínicos e a atrair financiamento para colocar a tecnologia no mercado”.

Já o projecto da União das Misericórdias Portuguesas foi vencedor na categoria “Saúde+” e trata-se de uma unidade piloto, a funcionar desde 2013, dotada de competências ambientais, profissionais, clínicas e terapêuticas próprias, sendo um modelo de referência na área de cuidados continuados para utentes com problemas cognitivos ou demência. Na categoria “Vida+” venceu o projecto “Novas Primaveras” da Sociedade Artística Musical dos Pousos (Leiria), que se trata de um programa de terapia pela arte, dedicado à terceira e quarta idades.

Foram, ainda, distinguidos com menção honrosa os projectos: “FallSensing: Technological solution for fall risk screening and falls prevention”, da Sensing Future Technologies, Fraunhofer Portugal AICOS e Coimbra Health School (Instituto Politécnico de Coimbra); “Envelhecimento activo saudável e participativo”, apresentado pela Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física da Universidade de Coimbra; “Estimulação Cognitiva: Prevenção da Fragilidade em Idosos”, apresentado pela Escola Superior de Enfermagem de Coimbra; “Programa de Actividade Física Movimento Maior”, apresentado pela Câmara Municipal de Ílhavo; “IDADE XXL”, da CEDIARA – Associação de Solidariedade Social de Ribeira de Fráguas (Albergaria-a- Velha); e o “Fundão tecido de afectos”, do Agrupamento de Escolas do Fundão.

Este concurso é promovido pela CCDRC mas conta com a estreita colaboração dos membros fundadores do consórcio Ageing@Coimbra (Universidade de Coimbra, Administração Regional de Saúde, Instituto Pedro Nunes, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e Câmara Municipal de Coimbra).