Coimbra  14 de Agosto de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Politécnico de Coimbra cria nova licenciatura em turismo

1 de Agosto 2018

Adília Cabral (da comissão de criação do curso); Rui Amaro (vice-presidente da ESAC); César Nogueira (vice-presidente da ESEC) e Manuela Abelho (Coordenadora da licenciatura)

 

O aumento do turismo em espaços rurais e naturais é o argumento do Instituto Politécnico de Coimbra (IPC) para a criação de um novo curso superior: a licenciatura em ‘Turismo em Espaços Rurais e Naturais’.

A nova licenciatura vai constar da oferta do IPC já no próximo ano lectivo e resulta de uma parceria entre a Escola Superior Agrária de Coimbra (ESAC) e a Escola Superior de Educação (ESEC).

O curso “pretende juntar o que o turismo tem de bom aos espaços rurais que Portugal tem para oferecer”, explicou Manuela Abelho, coordenadora da licenciatura.

Segundo a docente do IPC, este curso vai permitir aos turistas “usufruírem de belezas naturais, com alguém que lhes chame a atenção para os pormenores, que muitas vezes ignoramos quando vamos sozinhos”.

Manuela Abelho sublinhou, ainda, a importância da formação de guias qualificados que acompanhem as pessoas em trilhos ou percursos pedestres, “até agora feitos por pessoas sem formação na área”.

Recorde-se que, actualmente, a ESEC oferece já a licenciatura em turismo (em regime laboral e pós-laboral) e também o mestrado em ‘turismo de interior – educação para a sustentabilidade’. Já a ESAC chegou a ter, há alguns anos, a licenciatura em ecoturismo, sendo agora apenas oferecido como mestrado.