Coimbra  26 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

PMEs portuguesas distinguidas pela Comissão Europeia com 50 000 euros

19 de Dezembro 2017

A Comissão Europeia vai atribuir 50 000 euros a dez Pequenas e Médias Empresas (PME) portuguesas, no seguimento dos últimos resultados da 1.ª fase do Instrumento PME do Programa de Investigação Horizonte 2020.

Nesta lista estão contempladas mais de 193 PMEs de 28 países, entre as quais 10 empresas são portuguesas e dessas três são do distrito de Coimbra. Cada uma irá receber 50 000 euros.

Por ocasião da divulgação da lista de beneficiários, Carlos Moedas, comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação, responsável pelo Instrumento PME do Horizonte 2020, disse: “Os resultados confirmam que este instrumento é, assumidamente, a melhor porta de entrada para as PME no Programa Horizonte 2020 e reflecte o apoio deste Programa a Portugal”.

O comissário europeu adiantou, ainda, que “no espaço de três anos, esta fase do Instrumento PME já financiou 75 Pequenas e Médias Empresas portuguesas inovadoras”, acreditando que “estes resultados representam um desafio para outras PME portuguesas arriscarem e concorrerem a este instrumento que oferece grandes oportunidades. Com o apoio do Horizonte 2020, a UE ajuda as PME inovadoras, fundamentais para a criação de novos postos de trabalho, mais investimentos e maior crescimento económico em Portugal”.

De Coimbra, foram contempladas as empresas: Farmácia Saúde, da Figueira da Foz, que tem uma plataforma para avaliar a evolução clínica do doente face à medicação prescrita; a Pavnext – Techonological Pavements, de Coimbra, um projecto de um aluno da Universidade de Coimbra, que se traduz num sistema de redução automática de velocidade para maior segurança rodoviária em cidades mais inteligentes; e a TWEVO, também de Coimbra, que desenvolveu um modem sem fios para as comunicações de drones que permite uma conectividade em tempo real mais segura e a maior distância.

As outras empresas localizam-se em Marinhais (Salvaterra de Magos); Porto; Custóias; Castelo Branco; Matosinhos; Óbidos e Fundão.

Nesta fase do Instrumento PME, cada projecto recebe 50 000 para financiar uma prova de conceito e um estudo de viabilidade.

As empresas beneficiam, ainda, de três dias formação empresarial (coaching) e serviços gratuitos de aceleração empresarial. Um mapa interactivo de todos os projectos está disponível no Centro de Dados do Instrumento PME.

Desde o lançamento do programa a 01 de Janeiro de 2014, foram seleccionadas 2 616 PME para financiamento ao abrigo da Fase 1 do Instrumento PME, 75 das quais portuguesas.

A próxima data-limite para candidaturas à Fase 1 do Instrumento PME é 8 de Fevereiro de 2018.

 

Apoios Horizonte 2020