Coimbra  20 de Novembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Penela: 24 equipas disputam Torneio Internacional de Basquetebol

27 de Junho 2018

Augusto Cavaleiro, Paulo Lucas, Rafael Batista, Apolino Teixeira e Luís Santarino

 

O VII Torneio Internacional Apolino Teixeira, em basquetebol, traz a Penela no fim-de-semana mais de 270 atletas de vários escalões e em representação de 24 equipas.

A competição arranca na sexta-feira (29) e joga-se até domingo (01 de Julho) no Pavilhão Multiusos e no Pavilhão da Escola Básica 2.º e 3.º Ciclos de Penela.

Em competição vão estar 24 equipas distribuídas pelos escalões de sub-14 masculinos, sub-16 masculinos e femininos, sub-18 masculinos e seniores masculinos, envolvendo “mais de 270 atletas, dos quais 49 vêm de Espanha, cerca de 45 treinadores e dirigentes e mais de 30 pessoas no apoio logístico e arbitragem”, revelou o director desportivo do torneio, Augusto Cavaleiro, na apresentação do evento.

“Ao longo destes três dias vamos realizar, em 47 horas de basquetebol, 37 jogos, serão servidas mais de 1 000 refeições e serão alojadas pela Câmara Municipal de Penela mais de 340 pessoas”, realçou aquele dirigente, salientando que “este ano foram obrigados a mudar a estrutura do torneio para permitir aceitar mais equipas”, pelo que “no escalão feminino mantêm o torneio quadrangular e no masculino realizam duas séries de três equipas, ou seja, cada escalão será disputado por seis equipas, sendo que no domingo decorrem os jogos finais para apurar os vencedores de cada escalão”.

“Diria que o Torneio Internacional Apolino Teixeira terá atingido a dimensão de maior torneio nacional de formação”, frisou o vereador da autarquia de Penela, argumentando que “não temos conhecimento de outro torneio com o número de equipas que este ano aumentou para 24”. “Temos a intenção de cada vez mais dimensionar este tipo de actividade e também o próprio Torneio Internacional Apolino Teixeira para que possa, não só restringir-se àquilo que é o território de Penela, mas também alargar-se a toda a região de Coimbra, sendo alavancador da prática desportiva, principalmente na modalidade do basquetebol”, referiu Rafael Batista, revelando que “neste momento, Penela tem apenas nas escolas a iniciação da prática de basquetebol, porém em breve terá um número significativo de inscritos em mini-basquetebol”.

“A Academia de Basquetebol tem sede em Coimbra, mas tem feito esforços para criar aqui um pólo de mini-basquetebol”, desvendou o presidente da Academia de Basquetebol, Paulo Lucas, convencido de que “para o ano será possível renascer aqui um núcleo de basquetebol”.

Quanto ao Torneio Apolino Teixeira, Paulo Lucas afirmou que “no próximo ano vai ser inscrito no calendário oficial da Federação Nacional de Basquetebol, só não foi este ano por uma questão de datas”.

“A Federação Nacional de Basquetebol percebeu que a região Coimbra é uma boa zona para acolher centros de alto rendimento, pelo que já desafiámos a Câmara de Penela e duas outras autarquias a acolherem um centro de alto rendimento, porque achamos que este é o local exacto para os jovens estudarem, praticarem desporto e terem uma vida saudável”, sublinhou o presidente da Associação de Basquetebol de Coimbra, Luís Santarino, convicto de que “este torneio reconhece o mérito aos nossos melhores”.

“Sinto-me feliz e honrado por esta homenagem”, sobretudo pelo facto “deste torneio ter uma principal vertente virada para o capítulo da formação, onde julgo ter realizado a minha mais profícua actividade no basquetebol”, enalteceu Apolino Teixeira, lamentando que “nem todos os autarcas tenham a mesma intenção de apoiar o fenómeno desportivo, especialmente aquele que é dedicado essencialmente aos mais novos”.

Notícia e foto: Jornal Terras de Sicó

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com