Coimbra  14 de Agosto de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Operação “Lua Cheia”: Detidos 23 traficantes no Boom Festival

30 de Julho 2018

A Polícia Judiciária, através da Directoria do Centro, anunciou, hoje, que na operação “Lua Cheia”, em colaboração com a GNR, foram detidas 23 pessoas, por tráfico de droga no Boom Festival, em Idanha-a-Nova.

A maioria dos detidos são de nacionalidade estrangeira, segundo a PJ, e a operação decorreu no âmbito do combate ao tráfico das chamadas drogas sintéticas, ou drogas de desenho, habitualmente consumidas neste tipo de eventos.

A operação “Lua Cheia”, que contou com a colaboração do Ministério Público de Castelo Branco, GNR e uma equipa do Laboratório de Polícia Científica da PJ, foi o culminar de uma investigação iniciada há três meses, com o objectivo de sinalizar e neutralizar a acção de pessoas que se deslocam a Portugal com o único propósito de comercializar substâncias proibidas.

“Os detidos, com idades compreendidas entre os 22 e os 48 anos, foram presentes a primeiro interrogatório judicial, tendo quatro sido sujeitos à medida de coacção de prisão preventiva e um proibido de voltar a entrar no recinto do Boom Festival. Os restantes 18 aguardam ainda a decisão quanto às medidas de coação”, refere a PJ.

Além das detenções, foram apreendidas 900 doses de liamba, 1 800 de haxixe, 3 650 de MDMA, 75 de cocaína, 1 100 de anfetaminas, 1 216 pastilhas de ecstasy, 801 microselos de LSD, 26 frascos de LSD em estado líquido, 40 gomas impregnadas com LSD, 216 gramas de cogumelos alucinogénios, 492 gramas de substâncias vegetais impregnadas com DMT, 130 gramas de ketamina, 77 gramas de ópio e 47 micropontos de mescalina.

A PJ e a GNR apreenderam ainda 11 balanças de precisão, diverso equipamento informático de som e imagem e cerca de 91 000 euros em numerário.