Coimbra  17 de Dezembro de 2017 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Noite do Fado e da Canção de Coimbra com novas sonoridades

14 de Novembro 2017

Novas sonoridades e conceitos musicais vão estar em evidência na segunda edição da Noite do Fado e da Canção de Coimbra, que se realiza sexta-feira (dia 17), pelas 21h30, no grande auditório do convento de S. Francisco.

“É importante que o fado e a canção de Coimbra, que são património imaterial, evoluam e mostrem algo de novo”, referiu, hoje, Santos Cabral, presidente da Direcção dos Antigos Orfeonistas da Universidade de Coimbra, entidade que promove a iniciativa em parceria com a Câmara Municipal.

No palco do Convento de São Francisco vão actuar Rui Pato, José Manuel Neto, os grupos Amanhecer, Canções Pagãs (Luís Figueiredo e Nuno Dias) e Àcapella, assim como o Coro dos Antigos Orfeonistas.

Na apresentação da Noite do Fado e da Canção de Coimbra, a vereador Carina Gomes sublinhou o “enorme êxito” da primeira edição, no ano passado, para assegurar que a continuação do evento ficou desde logo assegurada.

A autarca sublinhou o esforço que o Município tem feito na promoção do fado e da canção de Coimbra, dando como exemplos as visitas guiadas versando as tradições académicas, as noites de “música no coração da cidade”, as palestras no Núcleo da Guitarra e do Fado de Coimbra, na Torre d’Anto e o apoio aos percursos musicais realizados pelo Coro dos Antigos Orfeonistas.

Carina Gomes deu também conta de que o valor cultural, artístico e turístico do fado e da canção de Coimbra foi assumido pela Comunidade Intermunicipal, que viu aprovada uma candidatura a fundos comunitários.

Ao intervir na apresentação do próximo espectáculo, o maestro Virgílio Caseiro, do Coro dos Antigos Orfeonistas, considerou que o fado e a canção de Coimbra “não caíram num passadismo morto, mas estão vivos”. Anunciou, a propósito, que irá estrear um tema seu (letra e música) intitulado “Para ti Coimbra”.

José Vilhena, que coordenada a realização da Noite do Fado e da Canção de Coimbra, anunciou que se mantém a diversidade de estilos, sublinhando, entre outras, a participação de José Manuel Neto, fadista de Lisboa, e de Rui Pato, que acompanhou à viola Zeca Afonso e Adriano Correia de Oliveira, assim como uma “surpresa” durante o espectáculo.

Os bilhetes estão à venda ao preço de sete euros, sendo de cinco euros para estudantes, grupos e maiores de 65 anos.