Coimbra  17 de Outubro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Montemor-o-Velho: Edição de 2018 do Festival Forte está assegurada

10 de Janeiro 2018

Os organizadores do Festival Forte prolongaram até segunda-feira a campanha de “crowdfunding” para financiar este evento de música electrónica, mas a edição 2018 “já está assegurada”, garantiu, hoje, o director do festival de Montemor-o-Velho.

Ilídio Chaves disse à agência Lusa que a campanha de “crowdfunding” não conseguiu, até agora, atingir a verba pretendida (180 000 euros), mas serviu para chamar a atenção de investidores privados, nacionais e estrangeiros, que irão financiar a edição deste ano.

O Festival de música e artes decorrerá, mais uma vez, dentro das muralhas do castelo de Montemor-o-Velho, entre os dias 30 de Agosto e 02 de Setembro.

“A atenção despertada pela campanha foi muito grande, dentro e fora do país. A venda de bilhetes está a decorrer em bom ritmo e surgiram financiadores privados que asseguram a sobrevivência do Festival”, explica Ilídio Chaves.

O responsável pelo Festival Forte agradece, também, o apoio da Câmara de Montemor-o-Velho, que “ajuda naquilo que pode”.

Sob o lema “Save the Forte” (Salvem o Forte), a campanha de financiamento colectivo decorre até segunda-feira na plataforma Indiegogo (https://www.indiegogo.com/projects/save-the-forte#/) e visa recolher 180 000 euros, cerca de metade da verba orçamentada para a quinta edição do festival. Até agora, foram recolhidos 15 755 euros, correspondentes a 209 contribuintes.

“Infelizmente, precisamos de lidar com a realidade”, avisam os organizadores do evento num texto em inglês colocado na página, explicitando que “há muitas despesas [relacionadas com a edição de 2018] que precisam de ser pagas à cabeça e há dívidas para liquidar”.

A campanha devia ter durado apenas até ao dia de Natal de 2017, mas os organizadores decidiram prolongá-la mais três semanas tendo em conta o impacto que está a ter na divulgação do evento.

Segundo uma das organizadoras do Festival, Irina Sales Grade, quem contribuir na campanha de “crowdfunding” até segunda-feira poderá comprar bilhetes a preços mais baratos (65 euros), tendo acesso a um conjunto de benefícios que podem passar por passes vitalícios, bebidas gratuitas, alojamento com desconto e preços favoráveis no aluguer das torres do castelo durante os quatro dias do festival.

Depois de segunda-feira, o preço dos bilhetes será fixado em 80 euros. Ilídio Chaves garante que o cartaz do Festival Forte será tornado público em Fevereiro.