Coimbra  18 de Outubro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Freguesia dos Olivais tem 20 000 euros para o Orçamento Participativo

12 de Junho 2018

Cristina Agreira, Graça Oliveira, o presidente da Junta Francisco Andrade, Luís Pais e Carlos Guimarães apresentaram a iniciativa

 

“Dá vida à tua freguesia” é o mote do Orçamento Participativo 2018, na versão habitual e jovem, lançado pela Junta de Freguesia de Santo António dos Olivais, cuja recolha de propostas decorre até ao próximo dia 29 de Junho.

O executivo da freguesia manteve esta iniciativa, que é umas mais-valia para os Olivais, na medida em que “podem ajudar a tornar muito mais fácil o trabalho em prol da freguesia”, explicou o presidente da Junta Francisco Andrade, durante a apresentação do Orçamento.

O autarca quer ver serem submetidos muitos projectos, que “beneficiem a freguesia e ajudem a encontrar uma resposta mais positiva” a alguns dos problemas que existem e que, com esforço, a Junta tem tentado resolver.

Quanto ao investimento nesta iniciativa, a freguesia tem disponíveis 20 000 euros, 10 000 para o Orçamento Participativo (OP) e o mesmo para o Orçamento Participativo Jovem (OPJ).

“As verbas são limitadas mas é o que temos”, afirmou Graça Oliveira, com o pelouro da Cultura, adiantando, ainda, que o objectivo é terem “muita gente a participar e a apresentar propostas que ajudem a fazer um trabalho melhor”.

“É importante que não sejam apenas as colectividades a colaborar, por isso, quisemos lançar um desafio mais abrangente para que haja uma participação activa dos cidadãos”, salientou a responsável.

Francisco Andrade salientou, ainda, o facto desta iniciativa ter sido bem aceite por todos os elementos que compõem a Junta de Freguesia, sendo que a ‘Comissão de Análise’ integra “um elemento de cada bancada partidária”.

Quer o OP como o OPJ pretendem “contribuir para uma maior aproximação das políticas públicas às reais necessidades dos fregueses”; “potenciar o exercício de uma cidadania participativa e responsável para reforçar a credibilidade das instituições e a qualidade da própria democracia”; bem como “incentivar a interacção entre eleitos e cidadãos na procura de soluções para melhorar a qualidade de vida da freguesia”.

No caso do Orçamento Participativo, podem candidatar-se cidadãos eleitores da freguesia, quer em grupo como individualmente. Já no Jovem, é necessário que concorram cidadãos entre os 18 e os 30 anos, que estejam recenseados na freguesia ou estudantes em alguma instituição de ensino sediada nos Olivais.

As candidaturas estão abertas até 29 de Junho. Segue-se, depois, um período de análise técnica das propostas pela ‘Comissão de Análise’, de 02 a 09 de Julho. Entre 10 e 23 de Julho será tenmpo para reclamações e, para 24 e 25 de Julho está marcada a apresentação pública de propostas.

O período de votação, que decorrerá nas instalações da Junta de Freguesia e terão de ser presenciais, realiza-se entre 26 de Julho e 06 de Setembro. Neste caso, poderão votar no OP os eleitores de freguesia e no OPJ os recenseados entre os 18 e os 30 anos, ou que estejam a estudar em estabelecimentos de ensino nos Olivais.

Os resultados serão, depois, conhecidos a 11 de Setembro, com o presidente da Junta a admitir que poderá haver mais do que dois vencedores, em cada categoria, dependendo se estão ou não dentro do orçamento previsto.

No ano passado, o Orçamento Participativo contou com três propostas, tendo havido dois vencedores.

Qualquer dúvida poderá ser esclarecida junto dos serviços da freguesia, no website ou através do número 239 790 900.