Coimbra  17 de Dezembro de 2017 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

José de Faria Costa e Francisco Castro e Sousa condecorados pelo PR

7 de Dezembro 2017

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, distinguiu, terça-feira (05), 11 personalidades e uma entidade, entre as quais estavam o anterior provedor de Justiça, José de Faria Costa, e um professor jubilado da Faculdade de Medicina de Coimbra, Francisco Castro e Sousa.

A cerimónia de agraciamentos decorreu no Palácio de Belém, em Lisboa, onde, além dos dois conimbricenses, foi também condecorado o figueirense João Armando Gonçalves.

José de Faria Costa foi distinguido com a Grã-Cruz da Ordem de Cristo, Francisco José Franquera Castro e Sousa com o grau de Grande-Oficial da Ordem da Instrução Pública. A João Armando Gonçalves foi atribuído o título de comendador da Ordem do Infante D. Henrique.

José de Faria Costa é professor catedrático da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (de que foi director) e exerceu o cargo de provedor de Justiça (entre 2013 e o passado mês de Novembro), havendo feito parte do Conselho de Estado.

Francisco Castro e Sousa, cirurgião, é professor catedrático jubilado da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra (da qual foi timoneiro entre 2004 e 2009), tendo dirigido o Serviço de Cirurgia III dos ex-HUC, agora denominado Serviço de Cirurgia A do Centro Hospitalar Universitário de Coimbra (CHUC).

O figueirense João Armando Gonçalves, professor de Engenharia Civil no Instituto Politécnico de Coimbra (IPC), foi o primeiro português a liderar o Comité da Organização Mundial do Movimento Escutista (entre 2014 e 2017).

Nesta cerimónia, Marcelo Rebelo de Sousa homenageou, ainda, entre outros, Isabel Jonet (Banco Alimentar), Francisco George (ex-director geral da Saúde), José Ribeiro e Castro (antigo presidente do CDS-PP), Manuel Sobrinho Simões (médico e investigador) e Júlio Pereira (ex-secretário-geral do Sistema de Informações da República Portuguesa – SIRP).

A entidade condecorada foi o Instituto de Socorros a Náufragos (ISN), como membro honorário da Ordem do Infante D. Henrique, tendo entregado as insígnias ao director do Instituto, Paulo Sousa Costa.

João Armando Gonçalves condecorado PR

João Armando Gonçalves