Coimbra  20 de Novembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Futebol: Treinador despedido por sms vai ser indemnizado

4 de Setembro 2018

O Tribunal da Relação do Porto acaba de julgar ilícito o despedimento de um antigo treinador de futebol do Gafanha, tendo Nuno Pedro adquirido direito a uma indemnização no montante de 43 000 euros.

O técnico foi afastado do comando da equipa, em Março de 2017, após derrota infligida pela Oliveirense, na fase de subida do Campeonato de Portugal.

O clube de Ílhavo tinha recorrido para o tribunal de segunda instância alegando que o treinador não havia sido despedido. Segundo a versão do Gafanha, Nuno Pedro rescindira o contrato de trabalho, sem aviso prévio.

Juízes desembargadores deram como provado que, poucos minutos após o fim do jogo com a Oliveirense, o técnico recebeu, via telemóvel, um conjunto de mensagens escritas, em que o presidente da Direção do Gafanha afirmou que, por si, Nuno Pedro não possuía mais lugar no projecto, tendo-lhe solicitado que colocasse o lugar à disposição.

O treinador foi despedido do clube de Ílhavo numa altura em que a respectiva equipa estava a disputar a fase de subida do Campeonato de Portugal, que dá acesso à II Liga.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com