Coimbra  21 de Novembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Festas do concelho animadas por Cuca Roseta e Quinta do Bill

10 de Agosto 2018

A Concentração Mototurística de Góis é parte integrante das festas do concelho e celebra, em 2018, os seus 25 anos

 

A fadista Cuca Roseta e a mítica banda Quinta do Bill são as grandes atracções do cartaz deste ano das Festas do Concelho de Góis, que vão decorrer entre este sábado (11) e quarta-feira (15).

Com um programa diversificado, que inclui a celebração do feriado municipal, a 25.ª Concentração Mototurística de Góis, a Feira das Tasquinhas e a Feira Sem Regras, o objectivo destas Festas passa pela “oferta de momentos de lazer e diversão a toda a população do concelho e aos visitantes”, explica a Câmara Municipal.

Durante cinco dias, o concelho une-se em redor destas celebrações, onde a música, a gastronomia e as actividades culturais e desportivas estão em destaque.

A vasta e diversificada programação começa no sábado (11), com a comemoração do Dia da Juventude, pelas 10h00, na praia fluvial da Peneda. No final do dia, às 19h00, será a inauguração da da Feira das Tasquinhas e a abertura da Feira Sem Regras, no largo de Francisco Inácio Dias Nogueira. Nesse dia a música fica a cargo da fadista Cuca Roseta, seguida pelo DJ ICE.

No domingo (12), o programa inclui o Festival de Folclore, no Parque do Cerejal, e à noite sobem ao palco os Quinta do Bill e o DJ Cruz.

A 13 de Agosto (segunda-feira), celebrar-se-á o feriado municipal, com as habituais cerimónias instituicionais: hastear da bandeira (10h00, na praça da República) e a sessão solene comemorativa do Dia do Município (10h30), na qual serão entregues distinções honoríficas, a ter lugar na Casa da Cultura de Góis. Nesse dia especial para todos os goienses sobe a palco a cantora Suzana e também o DJ Cruz.

Na terça-feira (14), a música está a cargo da banda Alcoolémia e do DJ JP; enquanto que na quarta-feira (15), o último dia das Festas do Concelho é, também, um dos seus pontos altos, com o início da 25.ª Concentração Mototurística de Góis, que se prolongará até dia 19 de Agosto, no Parque Natural de Mototurismo. O lema deste encontro internacional continua a ser “Tá-se bem” e, como forma de agradecimento por 25 anos tão ricos e cheios de adrenalina em cima das motos, a Câmara Municipal de Góis irá, no dia 15, inaugurar um monumento alusivo às bodas de prata do evento, a ter lugar pelas 19h00, no parque do Baião.

Ainda nesse dia, e para fechar as festas em grande, estão previstas as actuações da banda ‘Os 4Mens’, no largo de Francisco Inácio Dias Nogueira, e dos Alphaville, no parque de lazer do Baião.

Artistas internacionais apresentam obras inspiradas nas paisagens locais

Perto de 20 artistas internacionais apresentam, hoje, em Góis, o resultado das residências artísticas naquele concelho, com obras que se deixam influenciar pelas comunidades e paisagens locais.

A apresentação está prevista para as 21h30, na antiga escola primária do Bordeiro, com a apresentação dos diversos projectos, que vão da música à fotografia, passando pela performance, como anunciou a associação cultural RaizVanguarda, que produz o evento em conjunto com o colectivo londrino Curiosa Productions.

Os 17 artistas, com idades entre os 24 e os 50 anos, estão em residência artística desde 01 de Agosto e até domingo (12), e vêm de países tão distintos como a Roménia, Suécia, Estados Unidos ou África do Sul, refere a associação.

Segundo o presidente da RaizVanguarda, Luís Carvalho, esta é a terceira edição desta iniciativa, que organizam em Agosto, abrindo este ano as candidaturas também a artistas visuais, depois de duas edições dedicadas a músicos.

“A apresentação vai ocupar toda a nossa sede, que é numa antiga escola primária, com diferentes apontamentos – música, exposições ou performance – e com intervenções a acontecer simultaneamente, umas em contínuo e outras pontuais”, explicou Luís Carvalho à agência Lusa.

Todas as obras que vão ser apresentadas foram criadas durante a residência, em que os artistas passam “a maior parte do tempo na rua, a interagir com a população local”, sublinhou.

“Há um diálogo contínuo com a população local e a mesma acaba por se tornar parte activa de todo o processo”, notou, referindo que os vídeos e fotografias são inteiramente produzidos no concelho de Góis, mas também a música deixa-se contagiar pelo ambiente, seja a partir das concertinas de músicos locais ou de recolhas de paisagens sonoras no concelho.

De acordo com Luís Carvalho, esta iniciativa tem vindo a registar um maior interesse por parte de artistas estrangeiros.

Depois de começarem com sete músicos na primeira edição, neste ano registaram 40 candidaturas e um grupo de artistas “mais diverso”.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com