Coimbra  29 de Junho de 2017 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Descobrir Coimbra em Abril com visitas guiadas

11 de Abril 2017

A Câmara Municipal de Coimbra disponibiliza, uma vez mais, neste mês de Abril, diversas visitas guiadas a espaços emblemáticos da cidade, uma iniciativa que tem “suscitado o agrado de munícipes e visitantes, com uma procura crescente”.

Para responder ao interesse dos participantes, a autarquia tem aumentado a qualidade destas actividades culturais, bem como a sua diversificação.

Para amanhã (12) e na próxima semana (18), pelas 15h00, realiza-se a visita “Tradições Académicas e a Canção de Coimbra”, que consiste num passeio guiado pelas ruas da “Alta” da cidade, que aborda a temática das tradições académicas, das repúblicas, das vivências entre estudantes e futricas e o seu contributo na evolução da Canção de Coimbra.

Este itinerário pretende “potenciar, divulgar, preservar e dar a conhecer um património material e imaterial de excelência, intimamente ligado à cidade, às suas tradições académicas, percorrendo algumas das ruas onde muitos dos seus mais conceituados autores viveram e onde muitas das serenatas decorreram, terminando no mais recente núcleo dedicado à Guitarra e ao Fado”.

Dia 20 (quinta-feira), pelas 15h00, será realizada a visita “Praças, Largos e Terreiros”, que irá levar os participantes por esses locais da cidade, abordando aspectos ligados à arquitectura, à toponímia, às vivências e tradições populares, identificadores da cultura citadina de Coimbra.

A visita pretende “realçar a funcionalidade destes espaços urbanísticos, a sua arquitectura, a sua toponímia, a sua valorização enquanto espaços de fruição, avivando a memória de outros tempos, de estórias e personalidades que valorizam todo um património de excepcional qualidade existente em Coimbra e menos conhecido turisticamente”.

Já para dia 27 (quinta-feira) está programada a visita “Da Portagem à praça de 08 de Maio”, na qual se irá percorrer as ruas da “Baixa” de Coimbra, focando as vivências, memórias, tradições e aspectos histórico-culturais da cidade, algum dele classificado como Património Mundial da Humanidade pela UNESCO.

O objectivo desta actividade é “promover a identidade multicultural e a tolerância intelectual sempre presente nas vivências urbanas conimbricenses, no pormenor arquitectónico e patrimonial existente nas suas histórias, atraindo deste modo um maior número de visitantes a este espaço nobre da cidade”.

As visitas, gratuitas e com início às 15h00, realizam-se com um mínimo de 10 pessoas e um máximo de 30.

Os interessados devem fazer a sua inscrição, via telefónica ou presencial, na CMC (Casa Aninhas – 239 857 500 ou Casa Municipal da Cultura – 239 702 630).