Coimbra  26 de Setembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Congresso internacional de envelhecimento realiza-se, em Maio, no ISCAC

12 de Janeiro 2018

João Carlos Correia, Ricardo Pocinho e Pedro Carrana apresentaram o evento

 

O envelhecimento activo e saudável é, cada vez mais, um dos temas comuns a nível global, razão pela qual se realizará a 27, 28 e 29 de Maio, em Coimbra, o AgeingCongress2018 – Congresso Internacional Sobre o Envelhecimento.

Especialistas de Portugal, Brasil, Espanha e Alemanha vão juntar-se durante três dias, nas instalações da Coimbra Business School – Instituto Superior de Contabilidade e Administração de Coimbra (ISCAC), para debater temas relacionados com o envelhecimento, partilhando perspectivas e os desenvolvimentos mais recentes nesta área.

“Criar sinergias e aproximar as pessoas que trabalham nesta área é o principal objectivo do congresso”, explicou Ricardo Pocinho, presidente da Associação de Gerontologia Social (ANGES), organizadora do evento, com quem colaborou a INTERTECH – Unidade de I&D das Universidades de Valência e Politécnica de Valência.

“O congresso serve, também, de homenagem aos mais velhos, para quem trabalhamos, até porque a velhice é, hoje, o maior suporte da maior parte das famílias e um país sem velhos é um país sem história”, reforçou o especialista, sublinhando que o evento conseguiu juntar 62 parceiros institucionais, entre universidades, institutos politécnicos, escolas superiores e outras entidades.

O congresso é direccionado para os profissionais que lidam com o envelhecimento, nomeadamente, investigadores, tendo, por isso, “um carácter bastante científico e de topo”, adiantou Ricardo Pocinho.

Com o Alto Patrocínio da Presidência da República, o evento vai contar com 15 conferências principais, divididas por nove áreas, “consideradas como as mais pertinentes”. Há, também, espaço para submissão de 90 comunicações livres (que podem ser submetidas no website do congresso), dois ateliers sobre “estimulação cognitiva” e “TIC no envelhecimento”.

Apresentação de livros, exposição de produtos e tecnologias e um concurso de fotografia “Olha(es) pelo envelhecimento”, que irá premiar as três fotografias “que melhor consigam captar momentos que caracterizem o envelhecimento em Portugal”.

Outro dos momentos importantes será a apresentação de três estudos pela ANGES, um sobre o estado de saúde física e psíquica dos cuidadores formais e informais de idosos; outro que se debruça sobre a importância das actividades de lazer e turismo nos idosos; e o último sobre a higiene e segurança no trabalho, numa perspectiva de preparação para a reforma.

Além disto, serão entregues prémios de boas práticas (individual e colectivo), bem como a distinção de uma personalidade.

No evento irá, ainda, participar um representante da Comissão Europeia para prestar esclarecimentos sobre os fundos comunitários abertos a candidaturas nesta área do envelhecimento.

O congresso conta com cerca de 202 pessoas, de oito nacionalidades, envolvidas nas suas diferentes comissões, esperando a organização que na sessão de abertura esteja presente o primeiro-ministro António Costa (caso não seja possível estará um representante do Governo) e na sessão de encerramento o Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (ainda por confirmar).

As inscrições estão já abertas, através do webiste www.ageingcongress.com, e até 28 de Fevereiro têm o custo de 50 euros (30 para estudantes). A partir de Março os valores sobem para 70 euros (50 para estudantes.