Coimbra  17 de Dezembro de 2017 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Comissão Europeia apoia região Centro para projectos inovadores

7 de Dezembro 2017

A região Centro irá receber apoio personalizado da Comissão Europeia por participar na parceira sobre Agricultura de alta tecnologia, ao abrigo de uma nova ‘acção-piloto’ para projectos inovadores subvencionada pela UE.

Esta ‘acção-piloto’ visa “ajudar as parcerias expandir os seus projectos em sectores prioritários, como os megadados, a bioeconomia, a eficiência dos recursos, as técnicas de fabrico avançadas ou a cibersegurança”, revela a UE.

A comissária responsável pela Política Regional, Corina Crețu, disse que “as regiões com vantagens competitivas equivalentes poderão apresentar os seus projectos num grande espaço comum. O apoio da UE ajudará a transformar boas ideias em produtos inovadores, entre os quais encontraremos os campeões europeus da inovação do futuro”.

Na sequência de um convite à manifestação de interesse, lançado em Setembro, foram seleccionadas oito parcerias inter-regionais, lideradas por uma ou várias regiões coordenadoras:

  • Uma parceria de oito regiões lideradas pelo Noord-Brabant (NL), a Flandres (BE) e a Região Norte (PT) irá desenvolver projectos conjuntos no domínio da impressão 3D;
  • Um grupo de nove regiões liderado pela Flandres (BE) trabalhará em conjunto no sector da bioeconomia;
  • A Bretanha (FR), juntamente com três regiões e a Estónia, irão trabalhar na cibersegurança;
  • A Lombardia (IT) e sete outras regiões escolheram como área de especialização a economia circular e, mais especificamente, a desfabricação e a refabricação;
  • A Toscânia (IT), 21 outras regiões e a Estónia irão empreender esforços comuns para desenvolver novas soluções para a agricultura de precisão;
  • A Escócia (UK) e o País Basco (ES) estão a coordenar um grupo de 16 regiões para desenvolver projectos conjuntos no domínio das energias renováveis marinhas. A região norueguesa de Sogn og Fjordane está igualmente associada;
  • A Andaluzia (ES) e cinco outras regiões escolheram os edifícios sustentáveis como prioridade temática;
  • A Andaluzia (ES) e a Emilia-Romagna (IT) lideram um grupo de nove regiões que vão apresentar projectos inovadores nos domínios da rastreabilidade e dos megadados.

Segundo a Comissão Europeia, estas parcerias irão beneficiar do apoio de equipas especialmente criadas para o efeito, com peritos de vários departamento temáticos, que poderão prestar aconselhamento sobre a melhor forma de articular os fundos da UE para o financiamento de projectos”.

Para além deste apoio prático da Comissão, cada parceria poderá beneficiar de consultoria externa até 200 000 euros para actividades de divulgação e comercialização.

As verbas provêm do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER), sendo que o trabalho com as parcerias terá início em Janeiro do próximo ano e decorrerá até 2019.