Coimbra  18 de Janeiro de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Morreu João Calvão da Silva

20 de Março 2018

João Calvão da Silva, professor catedrático de Direito, morreu, hoje, em Coimbra, aos 66 anos de idade, vítima de doença.

O corpo irá estar, em câmara ardente, a partir do meio da tarde de hoje, na capela da Universidade de Coimbra.

O funeral deverá realizar-se quarta-feira (21) à tarde.

O jurista foi ministro da Administração Interna do XX Governo (segundo Executivo de Pedro Passos Coelho), secretário de Estado do IX Governo (“Bloco central”), timoneiro do Conselho de Jurisdição Nacional do PSD e vice-presidente da Comissão Política Nacional do partido sob a liderança de Luís Marques Mendes.

Doutorou-se em Direito Civil, em Novembro de 1990, pela Universidade de Coimbra, tendo sido assistente de Carlos Mota Pinto, e, há 15 anos, obteve aprovação (unânime) em concurso para professor catedrático.

Além de deputado à Assembleia da República, presidiu à Comissão de Fiscalização da TAP, foi membro do Conselho Superior de Magistratura (órgão de governo dos juízes) e membro do Conselho Superior do Ministério Público, gestor da SIC (estação televisiva), administrador não executivo do banco Totta & Açores e do outrora Crédito Predial Português e pertenceu ao Conselho de Administração da seguradora Global.

Membro associado internacional da Academia de Direito Civil Brasileira, o ex-governante era vice-presidente do Centro de Arbitragem Comercial da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa.

Calvão da Silva, marido de Ana Maria Matos, era pai de um professor auxiliar da Faculdade de Direito de Coimbra, João Nuno, que tem um irmão (Paulo) e uma irmã (Joana).

 

 

 

 

 

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com