Coimbra  20 de Abril de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Máquinas queimadas em acto criminoso

12 de Abril 2018

Duas máquinas de grande porte foram parcialmente destruídas pelo fogo, ontem, em Coimbra, num acto criminoso, soube o “Campeão”.

Trata-se de equipamento da empresa Pragosa, que se encontrava, ao serviço da Agência Portuguesa do Ambiente (APA), a efectuar operações de limpeza nas margens do leito periférico direito do rio Mondego, a Sul de S. João do Campo.

A ocorrência foi participada à GNR de Ançã.

Fonte policial disse ao “Campeão” ter sido ateado fogo às máquinas, às primeiras horas de quarta-feira (11), desconhecendo-se, por ora, o móbil do crime.

O acto de vandalismo causou avultados prejuízos.

O nosso Jornal aguarda a prestação de informação complementar por parte da APA e do Grupo Pragosa, vocacionado para a construção civil e para a realização de trabalhos no domínio da protecção ambiental.

Margem rio limpa - S. João Campo