Coimbra  22 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: Consórcio enfrenta desertificação em centros urbanos

25 de Fevereiro 2019

A Câmara de Coimbra deliberou, hoje, por unanimidade, integrar um consórcio constituído por entidades europeias e vocacionado para fazer face à crescente desertificação de centros urbanos.
A adesão do Município conimbricense ocorre mediante convite do Instituto de Pedro Nunes (IPN),
interveniente, em parceria com universidades e incubadoras europeias, na preparação da candidatura de um projecto ao Programa Horizonte 2020 com enfoque na regeneração urbana.
O projecto “Culturvation” visa dar resposta ao desafio posto pela crescente desertificação dos centros históricos, fenómeno que está na base da falência de estruturas sociais tradicionais, indica a funcionária da Câmara Municipal de Coimbra Magda Brígida Lucas.
O objectivo da iniciativa consiste em transformar os centros históricos das cidades em pontos de empreendedorismo, criatividade e inovação, criando “novos estilos de vida e locais de integração sócio-cultural, através do desenvolvimento de sectores criativos, tecnologias digitais, economias de partilha e inovação social”, assinala a Assessoria de Imprensa da autarquia.
O consórcio é constituído por parceiros de Portugal, Irlanda, Geórgia, Reino Unido, Espanha, Polónia, Roménia, Itália, Bélgica, Suécia e Bielorrússia.