Coimbra  21 de Abril de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Coimbra: CM atribui 205 000 euros à Orquestra Clássica do Centro

15 de Abril 2019

A Câmara Municipal de Coimbra, que se reúne, quina-feira (18), pela primeira vez em Abril, vai atribuir à Orquestra Clássica do Centro (OCC) o montante de 205 000 euros correspondente a 2019.
Trata-se de uma medida inerente ao papel de entidades que gerem equipamentos culturais municipais, no caso da OCC o pavilhão Centro de Portugal, consistindo, segundo a Assessoria de Imprensa da autarquia, na “forma de a CMC valorizar o trabalho produzido por agentes concelhios”.
O apoio financeiro é concedido com base nos programas e no interesse municipal e cultural dos projectos apresentados por colectividades em condições de preconizarem acções para um, dois ou três anos e na avaliação do desempenho das associações nos anos anteriores, contando para a classificação um conjunto de critérios gerais e específicos.
Vinte e cinco mil euros (12,20 por cento do valor atribuído) destinam-se a despesas de funcionamento, mas, caso haja necessidade de aumento da verba, mediante fundamentação, a autarquia pode reforçar o montante para o efeito até 10 000 euros.
A OCC, a caminho de 20 anos de existência, desenvolve intensa actividade, sendo considerada de superior interesse cultural pelo Ministério da Cultura.
Segundo a Assessoria de Imprensa da autarquia, a Orquestra Clássica do Centro colabora com a Câmara conimbricense nas suas actividades, “aposta na formação e em projectos pedagógicos”.
Para a CMC, a OCC tem desenvolvido um “proficiente trabalho de gestão cultural do pavilhão Centro de Portugal, dinamizando o  3quipamento com actividades culturais complementares à área artística principal”.