Coimbra  21 de Julho de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CMC com exercício positivo superior a um milhão de euros

10 de Abril 2018

A Câmara Municipal de Coimbra registou, em 2017, um exercício financeiro positivo de cerca de 1,30 milhões de euros, aumentando o saldo de gerência para 33 milhões de euros.

No ano transacto, o Município conimbricense contabilizou uma despesa total de 123,37 milhões de euros.

A vereadora Regina Bento destacou a “sólida saúde financeira” da autarquia”, que diminuiu o prazo médio de pagamento a fornecedores de 61 (2016) para 48 dias e a dívida de empréstimos de médio e longo prazo em 16,60 por cento.

A edil salientou o acréscimo de 5,60 por cento de cobrança da receita, com especial ênfase para o aumento da inerente a impostos directos, e, em especial, da derrama.

Regina Bento justificou a existência de um elevado saldo de gerência (33 milhões de euros) com a alegada impossibilidade de execução de diversos projectos de elevado montante.

“Temos de melhorar a execução das Grandes Opções do Plano, embora estes indicadores nos deixem bastante confiantes para o futuro”, disse a autarca, citada pela Agência Lusa.

O relatório de gestão e contas foi aprovado graças ao voto de qualidade de Manuel Machado (PS), porquanto a CDU absteve-se e os vereadores da coligação “Mais Coimbra” e os do movimento “Somos Coimbra” votaram desfavoravelmente.