Coimbra  17 de Dezembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CIM: I Academia Europa quer pôr os jovens a pensar a União Europeia

10 de Outubro 2018

Uma das primeiras iniciativas do Centro Europe Direct, da Comunidade Intermunicipal da Região de Coimbra (CIM-RC), é a “I Academia Europa”, que se vai realizar nos próximos dias 26, 27 e 28 de Outubro, na Lousã.

A iniciativa, coorganizada com o Núcleo Associativo para os Estudos Europeus em Coimbra (NAPEEC), pretende colocar os jovens universitários a pensar a Europa, os seus problemas e possíveis soluções.

Assim, durante três dias, os jovens participantes nesta ‘Academia’ terão a oportunidade de ouvir diversos oradores conceituados e debater com eles problemas actuais, como sejam “O Estado da União”; “O Orçamento Europeu”; o futuro da “UE e a NATO”; a “Democracia na UE”; o “Nacionalismo Histórico”; bem como a “Crise dos refugiados e a reforma do sistema político europeu”. Em todas as palestras estarão presentes convidados especiais, como a deputada da Assembleia da República Margarida Marques; a presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), Ana Abrunhosa; ou os eurodeputados António Marinho Pinto; José Manuel Fernandes; Miguel Viegas; docentes da Universidade de Coimbra e da Universidade Portucalense; além do chefe de equipa da Representação da Comissão Europeia em Portugal, João Faria; e do chefe de gabinete do Parlamento Europeu em Portugal, Luís Marques. Por confirmar está, ainda, a presença do secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Rebelo.

“Portugal tem um défice de conhecimento da cultura e instituições europeias e é, precisamente, nisso que se deve apostar”, afirmou João Ataíde, presidente da CIM, aquando da apresentação da iniciativa. Contudo, o responsável considerou que “nos estudantes já há uma consciência do que é a União Europeia”.

Na opinião do estudante Luís Marques, do NAPEEC, “tudo o que seja para dar conhecimento sobre a Europa aos jovens é pouco”, até porque “ainda há muito para conhecer e, como tal, aproveitam-se as eleições europeias [em Maio de 2019] para inspirar os participantes a reflectir sobre estes temas”.

Não só se irá debater e refectir os diversos temas, como haverá, também, tempo para “analisar casos práticos e partilhar experiências, que são também bastante importantes”. Luís Marques acredita que “serão três dias de reflexão fantásticos, em que se irá aliar a parte lúdica à mais séria, promovendo uma aprendizagem duradoura”.

Os participantes terão, ainda, a oportunidade de conhecer um pouco melhor o território lousanense, com uma visita guiada através de uma actividade de ‘geocaching’ na aldeia do Xisto do Talasnal.

A organização conta já com cerca de 50 inscritos, havendo lugar para mais participantes. Os interessados deverão inscrever-se, até 15 de Outubro, através da Internet (https://www.facebook.com/IAcademiaEuropa/) e pagar 10 euros (uma quantia que já inclui alojamento na Pousada da Juventude, alimentação, certificado de participação e transporte entre Coimbra e a Lousã).

15 - Apresentação Academia Europa

Luís Marques, do NAPEEC; Luís Antunes, presidente da Câmara Municipal da Lousã; João Ataíde, presidente da CIM; e Jorge Brito, da CIM

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com