Coimbra  26 de Setembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CHUC participa em plataforma com indicadores de enfermagem

7 de Junho 2018

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) participa num projecto-piloto com os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) para criar uma plataforma de indicadores na área da enfermagem, foi hoje anunciado.

O objectivo, segundo o CHUC, é o “de definir e operacionalizar estratégias de promoção da qualidade de cuidados de enfermagem, com a criação de uma plataforma de indicadores específicos, que se irá constituir como um eixo fundamental nas políticas de gestão dos serviços de saúde e segurança dos cuidados”.

A plataforma, assenta em “tecnologias de ‘business intelligence’, permite aos utilizadores explorarem indicadores com segurança, fiabilidade e confiança”.

Desenvolvida pela SPMS, no âmbito da estratégia definida pelo Ministério da Saúde para a área de informatização clínica, o novo instrumento tem como objectivo “uniformizar procedimentos de registos clínicos, práticas e informação a nível nacional, possibilitando uma melhor assistência e acompanhamento ao cidadão”.

A plataforma vai disponibilizar indicadores em diversas áreas da prestação de cuidados de saúde ao cidadão, de apoio à gestão das unidades e para o desenvolvimento das competências profissionais, sendo “um auxílio importante” na produção de trabalhos científicos e relatórios de actividade diversos, entre outros, que vão poder ser adaptados à medida das necessidades dos serviços ou dos profissionais.

O projecto é orientado para a “produção de indicadores a partir da documentação clínica de enfermagem, apostando, assim, na criação de novas ferramentas e numa metodologia mais ágil e mais amigável, com ganhos óbvios na avaliação dos ganhos em saúde”.

A plataforma vai, também, apostar em indicadores epidemiológicos, indicadores tradutores das condições inerentes à prestação de cuidados, bem como do próprio processo de cuidados.

“Este projecto surge no seguimento de um outro, iniciado pela SPMS – parametrização nacional única do perfil enfermeiro -, e, por isso, compreende a criação de sistemas de grande diversidade de indicadores de gestão que comuniquem entre si, por forma a medir a qualidade da informação produzida, bem como a integração de dados que concorrem para a desejada normalização de parâmetros a nível nacional”, salienta o CHUC.