Coimbra  25 de Fevereiro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

CDS/Coimbra: Lúcia Santos sucede a Luís Providência

12 de Fevereiro 2018

Lúcia Santos vai ser eleita, sábado (17), para presidir à Comissão Política Concelhia de Coimbra (CPC) do CDS/PP, sucedendo a Luís Providência, disseram fontes partidárias ao “Campeão”.
Investigadora universitária e doutoranda na Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da UC, a autarca faz parte de um grupo de investigação em Educação da Faculdade de Letras da Universidade conimbricense.
Líder da bancada do CDS/PP na Assembleia Municipal de Coimbra, presidiu à Comissão Concelhia conimbricense da Juventude Popular e vai ser vice-presidente da Comissão Política Distrital do partido.
Lúcia Santos, apostada em “abrir o CDS/PP à comunidade”, encara o diálogo como uma das suas principais ferramentas, lamenta a inexistência em Coimbra de um projecto educativo estratégico e privilegia “o crescimento e a diversificação da economia, a fixação de empresas, a criação de emprego, o combate ao duplo envelhecimento demográfico e à perda de relevância da cidade no contexto nacional”.
Rui Cruz, Helena Mendes e Nuno Queirós Vicente irão ser os vice-presidentes da CPC do CDS/Coimbra. Os vogais serão Carlos Filipe Barbas, Ana Manuel Barrão de Almeida Martins, Tiago de Almeida Martins, Carlos Jorge Mendes, Helder Faria, Pedro Leandro, Irene Lencastre de Campos, Pedro Espírito Santo, Margarida Pocinho, Ana Isabel Simões, Joana Bento Rodrigues, Tiago Alexandre Rodrigues, António Ferreira, Jorge Dourado Vieira, Jorge Morato Costa, José Carlos Regêncio, António Cunha Lopes e João Madeira, cabendo a Pedro Filipe a função de secretário.
Tiago Mariz irá presidir à Mesa da Assembleia Concelhia conimbricense do Partido Popular, sendo coadjuvado por Américo Petim e José Viterbo Correia.