Coimbra  21 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

ARS/Centro: Vai ser aberto concurso para escolha de presidente

18 de Janeiro 2018

O concurso para escolha de presidente da Administração Regional de Saúde do Centro (ARSC) vai estar aberto de 19 de Janeiro a 01 de Fevereiro, soube o “Campeão”.

O mesmo horizonte temporal é aplicável ao concurso para escolha de vice-presidente do Conselho Directivo (CD) daquele organismo desconcentrado do Ministério da Saúde.

A liderança do CD está a ser exercida, interinamente, há um mês, por Rosa Reis Marques (ex-gestora hospitalar e anterior vice-presidente da Câmara Municipal de Coimbra)

A nomeação da jurista, em regime de interinidade, levou, anteontem, o médico Diogo Cabrita a questionar a Comissão de Recrutamento e Selecção para a Administração Pública (CReSAP).

Ao anunciar ir ser opositor ao concurso, o cirurgião opina “haver, desde já, uma viciação de resultado”.

“Observei com alguma surpresa que a drª. Rosa Reis Marques se tem apresentado como futura presidente (…) e também estou consciente que [ainda] não houve abertura de concurso”, disse, terça-feira (16), Diogo Cabrita, em mensagem enviada à CReSAP.

Afigura-se ao cirurgião tratar-se de uma “situação que vicia (…) as escolhas possíveis e altera, de modo irreversível, a opção com outros candidatos”.

A abertura de concurso por parte da CReSAP foi impulsionada, a 30 de Outubro [de 2017], pelo ministro da Saúde.

Além de Rosa Reis Marques, que acaba de suceder a José Tereso (médico) por ele ter completado 70 anos de idade, fazem parte do CD da ARS/Centro Luís Militão Cabral e Mário Ruivo (ambos vogais, juristas).

Fontes auscultadas pelo “Campeão” indicaram ser desejável haver no Conselho Directivo um vogal médico, sendo possível que venha a ser aberto outro concurso, tendo presente, por maioria de razão, que qualquer dos vogais poderá ascender, pelo menos, a vice-presidente.