Coimbra  24 de Março de 2019 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Ansião: Partiu um “João Semana”, que foi muito acarinhado

29 de Janeiro 2018

Autêntico “João Semana”, Fernando Travassos, falecido aos 95 anos de idade, foi sepultado, ontem (domingo), em Ansião, onde residiu durante perto de sete décadas embora tivesse nascido em Arganil.
A denominação de “João Semana” – criada pelo escritor Júlio Dinis para designar o médico do mundo rural, dedicado e altruísta – corresponde na perfeição ao “Dr. Travassos”, que era muito acarinhado pelas pessoas de Ansião e pelas de concelhos vizinhos.
De resto, Fernando Manuel Nogueira Travassos rivalizava, no bom sentido, com os colegas David Augusto Júlio, Carlos Barão Pereira e Júlio Lopes (os três do concelho de Penela), Jaime Ilharco e Altino Bingre do Amaral (ambos de Miranda do Corvo).
A relação médico – doente deu frutos, cultivada na pacatez do consultório, cabendo, muitas vezes, à confiança e à afectividade o papel de potenciarem os poderes curativos dos remédios.
Distinguido, aos 68 anos de idade, pela Câmara de Ansião, com a Medalha de Mérito Municipal – grau ouro, Fernando Manuel foi médico da Misericórdia local e, em 1974, ascendeu a timoneiro do Centro de Saúde da vila.
Com o nome inscrito na toponímia de Ansião, Fernando Travassos foi mentor do “Cortejo do povo” e co-fundador do Clube de Caçadores, tendo-se distinguido ainda como benemérito da Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários e da Filarmónica de Santa Cecília.

Fernando Travassos

Foto: Diário de Coimbra