Coimbra  15 de Dezembro de 2018 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

Anadia aspira a ser Cidade Europeia do Desporto em 2020

2 de Agosto 2018

Delmino Pereira (FPC), Nuno Santos (ACES), a autarca Teresa Cardoso, Pedro Machado (Turismo do Centro) e Jorge Sampaio (Rota da Bairrada)

 

Anadia aspira a ser, em 2020, a Cidade Europeia do Desporto e a formalização da candidatura ocorreu, anteontem, num ambiente de prometedor entusiasmo.

“Forte candidata à vitória”, foi a constatação do presidente da Associação Portuguesa das Cidades Europeias do Desporto, Nuno Santos, que enalteceu a valia das infra-estruturas desportivas proporcionadas pela Bairrada.

Depois de Coimbra, no passado recente, não ter alcançado a meta que almejava, a confiança de Anadia não esmoreceu, independentemente da qualidade das candidaturas de Penafiel e Odivelas.

Para Nuno Santos, a cidade bairradina está a realizar “um excelente trabalho de promoção”, a ponto de o timoneiro da Associação Portuguesa das Cidades Europeias do Desporto ter confessado haver ficado surpreendido com “a agregação” fomentada pelo Município de Anadia em torno da candidatura.

“Com vontade e determinação, podemos transformar o sonho em realidade, pois há gente com empenho para isso e, quando se acredita, o triunfo é mais facilmente alcançável”, disse, via skype, o antigo futebolista Toni, natural da Bairrada, ex-jogador do Benfica e da Académica.

O presidente da entidade regional Turismo do Centro de Portugal, Pedro Machado, que é membro da Comissão de honra da candidatura, aludiu a “uma bandeira para unir um território” (o de dezenas de concelhos abrangidos pela TCP).

Trata-se de uma “candidatura de uma centena de municípios que se revêem nela”, alegou o timoneiro da Turismo Centro de Portugal.

O presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, Delmino Pereira, proferiu elogios ao Município de Anadia e afirmou que grandes eventos servem para transformar e mudar paradigmas.

Crente num desfecho positivo da candidatura, a líder da Câmara Municipal de Anadia, Teresa Cardoso, regozijou-se por estar a ser feita a promoção da cidade e da diversidade da sub-região em que ela se insere, considerando-a “como o corolário do trabalho que o Município desenvolveu ao longo dos anos e que lhe permite honrar a sua história, apoiar o tecido associativo, estabelecer e consolidar parcerias, relevar o investimento em equipamentos desportivos, contribuir para projectos em diferentes escalas e âmbitos, e ampliar a importância da actividade física e desportiva junto da população, com vista ao seu bem-estar e qualidade de vida”.

A autarca louvou, ainda, a criação de sinergias entre Anadia e a sobredita sub-região, tendo-se regozijado por a candidatura estar a “criar laços, fundamentar parcerias e a construir competências”.

O objectivo da autarquia é, contudo, “ir para além de 2020”, até porque a candidatura poderá significar “um novo paradigma daquilo que é o desporto municipal”, e que passa por uma forte aposta na formação e no apoio aos clubes, ou seja, “um novo modelo de organização do desporto em Anadia”.

A candidatura tem como principais embaixadores: Aurora Cunha; Nélson Oliveira; Nuno Dias; Sandra Semedo; Ivo Oliveira; Rui Oliveira; Marco Chagas; Joaquim Gomes; João Tomás; Gonçalo Uva; Orlando Simões; João Rolo; Nuno Ferrão; Ana Catarina Neves; João Janeiro; Telmo Pinão; Rui Rodrigues; Simão Neves; Inês Spínola; Armando Marques; Carlos Carvalho; Rafael Santos; Gonçalo Almeida; Rui Cordeiro e Inês Lopes.

O Comité de Avaliação da ACES Europe vai estar em Anadia de 30 de Outubro a 02 de Novembro, sendo que a decisão final será tomada em Dezembro e anunciada publicamente em Janeiro de 2019, em Portimão.

WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com