Coimbra  20 de Outubro de 2017 | Director: Lino Vinhal

Semanário no Papel - Diário Online

 

A Previdência Portuguesa organiza a “Caminhada Mutualista”

10 de Outubro 2017

Aproveitando o bom tempo que ainda se faz sentir em todo o país, A Previdência Portuguesa organiza, no próximo domingo (15), a segunda edição da “Caminhada Mutualista”.

Esta actividade mais ligada ao exercício físico pretende recuperar uma iniciativa que a instituição já promoveu no passado e dar-lhe continuidade para o futuro.

O objectivo passa, como habitualmente, por “possibilitar o convívio entre os associados e a comunidade local”, além de permitir “conhecer alguns aspectos da cidade de Coimbra e, também, a própria A Previdência Portuguesa”, explicou António Martins de Oliveira, presidente da instituição.

Luís Saavedra, também da Administração de A Previdência, salientou que esta iniciativa visa “mostrar que o mutualismo está vivo e está aqui para apoiar o cidadão ao longo da sua vida e, sobretudo, no final da mesma”, adiantando, ainda, que “contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos associados, através do exercício físico, é também o objectivo desta caminhada”.

A iniciativa terá um cariz solidário, uma vez que A Previdência vai entregar um donativo, de cerca de 1 500 euros, à Casa da Infância Doutor Elísio de Moura, de Coimbra.

As inscrições são totalmente gratuitas, contudo, no dia da caminhada estarão presentes algumas meninas da Casa da Infância, convidando os participantes a fazerem também o seu donativo.

“A ideia é dar a conhecer a todos esta instituição, ajudá-la a manter o seu trabalho diário e que seja sustentável”, esclareceu Martins de Oliveira.

O ponto de encontro para o início da “Caminhada Mutualista” é na sede de A Previdência Portuguesa, pelas 09h30, e os participantes terão direito a um ‘kit’ de oferta com uma t-shirt, boné, um saco, e também águas e frutas, durante e depois da actividade.

O percurso terá cinco quilómetros e segue pela rua da Sofia; praça de 08 de Maio; rua de Visconde da Luz; rua de Ferreira Borges; largo da Portagem; ponte de Santa Clara; praça da Canção; parque do Choupalinho; ponte de Pedro e Inês; Parque Verde; rua de Olivença; Jardim Botânico; rua do Arco da Traição; Bairro de Sousa Pinto; Arcos do Jardim; rua de Alexandre Herculano; praça da República; avenida de Sá da Bandeira; rua de Olímpio Nicolau Fernandes, terminando no mesmo local do início, na rua da Sofia.

A Previdência Portuguesa conta, actualmente, com cerca de 6 000 associados em todo o país, proporcionando serviços mutualistas, de assistência médica, na área da educação com creche e jardim de infância, e na área da cultura com uma galeria de arte.

 

Foto: Luís Saavedra, António Martins de Oliveira e Hélder Almeida